Os bastidores da luta contra o câncer: de residente a titular

Marcelo Corassa, oncologista clínico, terminou a residência no A.C.Camargo Cancer Center e foi contratado no dia seguinte pela instituição

O oncologista clínico Marcelo Corassa terminou a faculdade de medicina em 2011, em Vitória, no Espírito Santo. Após concluir a residência em clínica geral, já em São Paulo, buscou uma especialidade que permitisse lidar com diferentes áreas ao mesmo tempo. Foi quando encontrou no A.C.Camargo Cancer Center a formação em oncologia clínica.

Logo depois de finalizar a residência, foi contratado como titular. Hoje, tem autonomia e independência para acompanhar seus pacientes e tomar decisões, dentro dos protocolos da instituição. “Existe uma transição muito natural da vida de residente à vida de titular. Os residentes não são pessoas que vão ouvir as opiniões e levar como verdade absoluta. Muitas vezes, eles nos dizem coisas que mudam a nossa conduta com o paciente”, explica.

Conheça a rotina de um oncologista clínico em um cancer center no vídeo abaixo.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s