Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Estado de São Paulo chega a mais de 80 000 mortes por Covid-19

Foram registrados 1.299 novos óbitos em 24 horas, totalizando 80.724 vidas perdidas desde o início da pandemia

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 8 abr 2021, 16h25 - Publicado em 8 abr 2021, 16h22

O estado de São Paulo chegou a 80.742 mortes provocadas pela Covid-19 nesta quinta-feira (8). Nas últimas 24 horas, foram registrados 1.229 óbitos pela doença. Na terça, o estado bateu recorde de mortes: foram 1.389 óbitos em um dia.

A média móvel de mortes diárias está em 715. São 2.597.366 de infectados. Apenas nos oito primeiros dias de abril, o estado somou 6.090 mortes por Covid. Do total de doentes, 2.225.584 estão recuperados e 262.626 estiveram internados e receberam alta hospitalar.

Hoje, há 28.147 internados com quadros graves da doença, sendo 12.681 em leitos de Terapia Intensiva e 15.466 em enfermaria. São 484 pessoas hospitalizadas a menos em comparação ao balanço de ontem, que registrava mais de 28,6 mil, o que aponta tendência de queda.

As taxas de ocupação dos leitos de UTI se mantêm em 88,6% no estado e de 88% na Grande São Paulo, as menores do mês de abril até agora.

Por causa da alta letalidade, o vice-governador Rodrigo Garcia disse que não há expectativa de uma abertura concreta no estado, que está na chamada fase emergencial.

“Com muita responsabilidade, o governo de São Paulo tem agido com relação à pandemia e continuamos assim. Nós ainda temos algumas semanas pela frente de muita dificuldade”, disse o vice-governador.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade