Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Empresas de saúde vão entregar 102 leitos para atendimentos de Covid-19

Projeto é uma parceria entre a Rede D’Or, SulAmérica Seguros e Qualicorp com a Santa Casa de Misericórdia, instituição no bairro da Vila Buarque

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 abr 2020, 16h38 - Publicado em 13 abr 2020, 14h51

Empresas da área de saúde formaram uma parceria para reformar 102 leitos da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo, destinados ao atendimento de pacientes do SUS (Sistema Único de Saúde) durante o surto do novo coronavírus. O local será destinado a pacientes de alta complexidade.

Um consórcio formado pela Rede D’Or, SulAmérica Seguros e Qualicorp está financiando o projeto, que vai contemplar 72 leitos de enfermaria e 30 de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). Desses, 30 terão respiradores. Mais de mil pacientes poderão ser atendidos e internados nos três meses de pico da pandemia de Covid-19.

Assine a Vejinha por 14,90 mensais.

Os primeiros 20 leitos reformados serão entregues em até dez dias.

A cooperação entre as três empresas contempla a reforma e doação dos equipamentos para que os leitos entrem em operação, além do custeio de insumos por três meses. A Santa Casa de Misericórdia de São Paulo é o maior hospital filantrópico da América Latina e fica na região da Vila Buarque, na Rua Dr. Cesário Mota Júnior, 112.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade