Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Capital vacina com dose adicional profissionais de Educação com mais de 40

Município também prevê data para imunizar com reforço trabalhadores da área com idades entre 18 e 39 anos

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 16 nov 2021, 09h31 - Publicado em 16 nov 2021, 09h30

A cidade de São Paulo segue com a vacinação contra a Covid-19 com aplicação de primeira, segunda e dose adicional em todos os postos. Nesta terça-feira (16), os profissionais da Educação com mais de 40 anos podem receber a dose adicional.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, a vacinação do novo grupo elegível será realizada com imunizantes da Pfizer, porque a capital paulista recebeu um lote com cerca de 1,2 milhão de doses na última semana. Na próxima segunda (22), devem começar a ser vacinados os profissionais de Educação com idades entre 18 e 39 anos.

Também estão no grupo trabalhadores da Guarda Civil Metropolitana (GCM), sepultadores do serviço funerário e agentes fiscalizadores das subprefeituras, idosos com mais de 60 anos e profissionais de saúde com mais de 18 anos, desde que tenham tomado a última dose do ciclo vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos seis meses, além de adultos com alto grau de imunossupressão que receberam a última dose há pelo menos 28 dias.

Para receber a vacina, é obrigatório apresentar um documento de identificação, preferencialmente CPF e cartão SUS, além de comprovante de residência no município de São Paulo e o cartão de imunização contra Covid-19, no caso de segunda dose ou dose adicional.

Profissionais de saúde e educação devem apresentar um documento que comprove o vínculo empregatício, bem como os trabalhadores da GCM, sepultadores do serviço funerário e agentes fiscalizadores das subprefeituras.

Continua após a publicidade

Onde se vacinar
As pessoas podem procurar uma das 469 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e 82 Assistências Médicas Ambulatoriais integradas com UBSs, as AMAs/UBSs Integradas, das 7h às 19h, além dos megapostos, drive-thrus e farmácias parceiras, das 8h às 17h.

Antes de realizar o deslocamento, é recomendado consultar o site De Olho na Fila para evitar aglomerações e filas nos postos. Além disso, a página também informa onde encontrar os imunizantes para aplicação da segunda dose.

SERVIÇO – VACINAÇÃO CONTRA A COVID-19 NA CAPITAL
16 de novembro de 2021 (terça-feira)

Megapostos, drive-thrus e farmácias: vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 8h às 17h.
Unidades Básicas de Saúde (UBSs): vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 7h às 19h.
AMAs/UBSs Integradas: vacinação D1, D2 e DA. Funcionamento das 7h às 19h.

A lista completa de endereços dos postos de vacinação está na página Vacina Sampa.

Continua após a publicidade

Publicidade