Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Capital reserva 14 000 doses da Janssen para população em situação de rua

Objetivo é imunizar quem não está cadastrado na Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social

Por Agência Brasil 28 jun 2021, 18h33

A prefeitura de São Paulo reservou 14 000 doses da vacina da Janssen para imunizar a população em situação de rua com mais de 18 anos que vive na cidade. Essa vacina é aplicada em dose única.

Segundo a prefeitura, a população em situação de rua cadastrada nos centros de acolhida já começou a ser vacinada em fevereiro e 21.754 doses foram aplicadas até este momento. Agora, o objetivo é imunizar a população que não está cadastrada na Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social e que ainda não se vacinou.

O último censo, feito em 2019 pela prefeitura, apontou que há 24.344 pessoas em situação de rua na cidade de São Paulo. Destas, 11.693 estavam em acolhidas e 12.651 em logradouros públicos ou na rua.

No último sábado (26), São Paulo recebeu 114 000 doses do imunizante da Janssen. Desse total, 100 000 doses foram distribuídas para as 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e vão ser utilizadas na vacinação do público elegível.

+ AstraZeneca: 3ª dose de vacina produz forte resposta imune, diz estudo

Hoje (28), estão sendo vacinadas na cidade de São Paulo pessoas com 46 anos de idade, público estimado em 170.479 moradores. Amanhã (29) serão vacinadas pessoas com 45 anos de idade, mesmo público estimado.

A primeira ou a segunda dose dos demais imunizantes estão disponíveis em uma das 468 UBSs, nas AMAs/UBSs Integradas, nos 17 Serviços de Atenção Especializada (SAEs), nos 16 mega postos com acesso a pedestres, nos postos volantes, na rede de farmácias parceiras e nos 20 postos que operam exclusivamente em sistema drive-thru.

Para se vacinar, a pessoa precisa apresentar documento pessoal e comprovante de residência. Se não houver comprovante de residência no nome da pessoa que irá se vacinar, serão aceitos comprovantes em nome do cônjuge, companheiro, pais e filhos, desde que apresentado também um documento que comprove o parentesco ou estado civil, como Registro Geral, certidão de nascimento, certidão de casamento ou escritura de união estável.

A prefeitura pede também que as pessoas façam antes um pré-cadastro no site Vacina Já, que agiliza o tempo de atendimento nos postos de vacinação. Mais informações sobre a vacinação e postos na cidade de São Paulo pode ser obtida no site da prefeitura.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade