Genial (Desde 2006)

Tipos de Bares: Chope e cerveja
VejaSP
starsstarsstarsstarsstars
Endereço: Rua Girassol, 374 - Vila Madalena - São Paulo - SP ver no mapa
Horário:
Estabelecimento fechado
Feriados: 12h às 4h30

Resenha por Saulo Yassuda

    Comer e beber

    • 2016 - Participante

      Bares chope e cerveja Comer & beber .

      A casa pertence aos mesmos donos dos bares Filial e Genésio. O velho cardápio, aquela pastinha cheia de páginas, foi transformado em uma peça menor, dobrável e de diagramação moderna. Na prática, permanece com boas pedidas das antigas, como o caldo de feijão na caneca acompanhado de torresmo (R$ 12,00). Os croquetes de camarão têm boa quantidade de crustáceos no interior (R$ 32,00, meia dúzia). A bebida de regra continua a ser o chope Brahma (R$ 7,90 o claro e R$ 9,80 o escuro). Só fuja de coquetéis clássicos como o negroni (R$ 29,00), que costuma vir com excesso de Campari. (Preços checados em setembro/outubro de 2016.)

      Fábio Galib e Saulo Yassuda

    • 2014 - Participante

      Bares chope e cerveja Comer & Beber .

      Numa das paredes, um painel exibe personagens “geniais”, como Adoniran Barbosa e Tom Jobim, confraternizando no bar Filial, que pertence à mesma trupe de proprietários. Samba, chorinho e jazz tocam baixinho nas caixas do boteco, enquanto os garçons vão depositando nas mesas caldeiretas de um cremoso chope Brahma (R$ 7,10). O chão quadriculado preto e banco e a profusão de garrafas de bebida atrás do balcão são outras provas de que estamos em mais um boteco dos irmãos Altman, apesar de este apresentar um clima mais low profle, já que fica encravado em um pedaço menos agitado da Vila. Três mesas na calçada atraem os fumantes, mas só sobrevivem até a 1h da manhã. Depois disso, elas são retiradas, e o agito segue dentro do salão noite afora. Cortado em aperitivo, o galeto desossado chega suculento no interior e tostadinho por fora, umedecido por um gostoso molho de mostarda. A porção custa R$ 37,00. Antes dela, escale o caldinho genial (R$ 18,00), feito com mandioquinha e bons pedaços de camarão e gorgonzola. Deixe para lá drinques clássicos da coquetelaria internacional (o dry martini, R$ 23,00, pode vir diluído demais). O Genial manja mais da brasilidade. Por isso, se quiser atacar uma caipirinha (R$ 18,00), vá sem dó. (Preços checados em setembro/outubro de 2014.)

      Saulo Yassuda

    • 2013 - Participante

      Bares fim de noite Comer & Beber .

      Pertence aos mesmos donos de outros dois aclamados bares da Vila Madalena, o Filial e o Genésio (e do novíssimo Mundial). Todo arrumadinho, tem o chão quadriculado e um imenso painel com caricaturas logo na entrada. Seus garçons vestidos a caráter, gravatinha borboleta inclusa no figurino, estão sempre espertos para repor o chope (R$ 6,90, Brahma). Dos três endereços conhecidos pela boa cozinha, este é o menos regular. No entanto, tem uma caipirinha caprichada: a de mexerica carioca com cachaça (R$ 17,00). Entre os comes, o de maior sucesso é o prato da mãe (R$ 32,00), com arroz, feijão, filé, ovo e fritas. Para petiscar, peça pelos bolinhos de arroz (R$ 22,00, oito unidades). (Preços checados em setembro/outubro de 2013).

      Luiz Henrique Ligabue e Marcelo Cobra

    • 2012 - Indicado

      Bares cozinha Comer & Beber .

      Dos mesmos donos do Filial e do Genésio, ambos também na Vila Madalena, difere-se pelo ambiente mais espaçoso e por ter um mote na decoração — com caricaturas e quadrinhos que enfocam geniais como Carlos Gardel, Noel Rosa, Frank Sinatra e Fiódor Dostoiévski. Por outro lado, lembra as casas coligadas pelo cardápio variado, o horário de funcionamento que avança a madrugada e o chope (Brahma) de colarinho alto. Três boas pedidas da cozinha recaem sobre o caldinho de mandioquinha, camarão e gorgonzola, as cremosas croquetas (croquete à moda espanhola) de cordeiro e alho-poró e o prato da mãe (arroz, feijão, batata frita, ovo frito e bife de filé-mignon).

      Veja SP

    • 2011 - Participante

      Bares fim de noite Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2011/2012

      Veja SP

    • 2010 - Participante

      Bares fim de noite Comer & Beber .

      Estabelecimento faz parte da edição Comer & Beber 2010/2011

      Veja SP

    • 2008 - Vencedor

      Bares fim de noite Comer & Beber .

      Depois de montar os prósperos Filial e Genésio na Rua Fidalga, os irmãos Ricardo, Arnaldo, Helton e Ronen Altman, mais seu sócio fluminense Ricardo Freire, abriram em 2006 um terceiro boteco na Vila Madalena. O Genial, na Rua Girassol, reúne características de seus antecessores, como o piso quadriculado, as mesas com tampo de mármore e o cardápio escrito em lousas nas paredes. Herdou também um dos principais predicados dos dois mais velhos: a vocação boêmia. Assim, leva o título de o melhor fim de noite pelo segundo ano consecutivo. Sobretudo a partir da 1 da manhã, quando a maioria dos bares encerra as atividades, começa a chegar gente disposta a esticar a noitada ali. Entre rodadas de chope (Brahma), tirado com colarinho largo e cremoso, um público descolado enche de badalação a madrugada. Numa das paredes, é possível apreciar mais de 120 fotos emolduradas de Villa-Lobos, Garrincha, Salvador Dalí, Oscar Niemeyer, Carmen Miranda e outros "geniais". A cozinha não pára antes das 3h30, às sextas e aos sábados, e das 2h30, de domingo a quinta. Mesmo após esses horários, é possível fazer uma boquinha. Para a alegria dos notívagos, a casa oferece um cardápio especial até o último cliente. Inclui porções de frios e queijos, sanduíches e ótimos caldinhos, entre eles o de mandioquinha, camarão e gorgonzola.

      Veja SP

    • 2007 - Vencedor

      Bares fim de noite Comer & Beber .

      O título de o melhor fim de noite trocou de endereço, mas não de mãos. Depois de quatro anos campeão da categoria, o Filial perdeu o posto por apenas um voto para seu irmão Genial, inaugurado no ano passado pelos mesmos proprietários. Fotos de Oscar Niemeyer, Glauber Rocha, Zico, Guimarães Rosa, Carmen Miranda e outros 120 "geniais" enfeitam uma das paredes e justificam o nome. Com cozinha aberta até altas horas, a casa atrai um público descolado, semelhante ao do Filial. A vantagem é que ali há mais espaço e sempre menos espera para sentar. Nas noites de calor, pode-se curtir a gostosa varanda com teto retrátil. Um chopinho de alto nível (Brahma), de colarinho largo, faz a clientela esquecer que o dia vai raiar. Caso bata uma fominha no meio da madrugada, o extenso cardápio dá conta do recado. Inclui tira-gostos como a polenta de colher ao molho de tomate e azeitona preta (herdada do bar Genésio, também da família), grelhados e embutidos. Duas dicas: a picanha ao molho de pimenta e a porção de lulinhas, pequenos gomos de lingüiça defumada e levemente apimentada salteados no azeite.

      Veja SP

    Comentários
    Deixe um comentário

    Olá,

    * A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

    Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

    Logotipo do WordPress.com

    Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

    Foto do Google

    Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

    Imagem do Twitter

    Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

    Foto do Facebook

    Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

    Conectando a %s