Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Dui – ESTABELECIMENTO FECHADO

Tipos de Restaurantes: Cozinha contemporânea

VejaSP:

Endereço: Alameda Franca, 1590 - Jardim Paulista - São Paulo - SP ver no mapa

Horário:
Estabelecimento fechado

Resenha por Arnaldo Lorençato

Desde sua estreia no fogão aos 17 anos como estagiária do francês Laurent Suaudeau, Bel Coelho impressiona pela precisão e criatividade com que concebe seus pratos. O brilho dos resultados que ela obtém na cozinha lhe garantiu um voto do júri do “Comer & Beber”. Entre as sugestões criadas pela chef, o robalo crocante ao molho de castanha- de-caju sobre palmito pupunha virou uma espécie de assinatura. Na seção intitulada tapas, como chamam as pequenas porções para petiscar na Espanha, encontram-se delícias como o ragu de rabada na companhia de purê de mandioquinha e o camarão em crosta de tapioca picante no molho de cupuaçu. Das sobremesas, não há como escapar do fondant de chocolate e doce de leite escoltado por sorvete de canela e farofa de café. A seleção de vinhos estava nas mãos de Jô Barros, que recebeu duas indicações de sommelière do ano. Robenilson Pereira Silva, o Robinho, ocupou o lugar deixado por ela no fim de agosto. Uma das sugestões feitas por ele é o português tinto Vinha da Tapada 2008.

    Desde sua estreia no fogão aos 17 anos como estagiária do francês Laurent Suaudeau, Bel Coelho impressiona pela precisão e criatividade com que concebe seus pratos. O brilho dos resultados que ela obtém na cozinha lhe garantiu um voto do júri do “Comer & Beber”. Entre as sugestões criadas pela chef, o robalo crocante ao molho de castanha- de-caju sobre palmito pupunha virou uma espécie de assinatura. Na seção intitulada tapas, como chamam as pequenas porções para petiscar na Espanha, encontram-se delícias como o ragu de rabada na companhia de purê de mandioquinha e o camarão em crosta de tapioca picante no molho de cupuaçu. Das sobremesas, não há como escapar do fondant de chocolate e doce de leite escoltado por sorvete de canela e farofa de café. A seleção de vinhos estava nas mãos de Jô Barros, que recebeu duas indicações de sommelière do ano. Robenilson Pereira Silva, o Robinho, ocupou o lugar deixado por ela no fim de agosto. Uma das sugestões feitas por ele é o português tinto Vinha da Tapada 2008.