Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Treinar a autocompaixão, com Adriana Drulla

Pós-graduada em terapia focada na compaixão, ela conta como é o processo de sair do sistema de alarme e acessar a calma

Por Helena Galante Atualizado em 12 dez 2021, 22h54 - Publicado em 13 dez 2021, 00h10

O tempo inteiro em estado de alerta – ou então correndo atrás de algo para fazer. Você tem se sentido assim muitas vezes? Pois talvez os sistemas que estão governando as suas emoções estejam afastados da calma. Convidada de Helena Galante para o episódio #131 do podcast Jornada da Calma, a mestre em psicologia positiva Adriana Drulla fala sobre com acionar o nosso sistema afiliativo. A ideia é que cada um possa ser, para si mesmo, aquela pessoa carinhosa que fala: “Está tudo bem”. Parece difícil? Não precisa ser tanto. “A compaixão é um instinto humano, faz parte da nossa natureza”, afirma Adriana.

Publicidade