Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

“Tive que me deitar com homem pra trazer comida para casa”, diz mãe de Gil

Em relato, Jacira Santana falou sobre as dificuldades que enfrentou para sustentar a família, que chegou a morar nas ruas

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 14 jun 2021, 12h45 - Publicado em 14 jun 2021, 12h26

Em seu livro recém-lançado, Gilberto Nogueira,Gil do Vigor, conta sobre diversos momentos de dificuldade que enfrentou antes de se tornar uma celebridade nacional. Várias das histórias passam pela mãe, Jacira Santana, que tem importância crucial na trajetória do pernambucano. 

Durante um dos depoimentos sobre os tempos difíceis, Gil recapitula uma fase em que a família passou por necessidades e sua mãe precisou se prostituir para conseguir dinheiro. Na época, faltavam recursos para comprar comida e o economista revela que ouvia a mãe chorar durante a noite. 

Quando Gil tinha apenas 4 anos, Jacira enfrentava violências físicas e psicológicas do ex-marido e decidiu fugir para São Paulo. Por causa dos problemas financeiros, ela precisou recorrer novamente ao pai de Gilberto, que só a ajudaria em troca de sexo, o que ela recusou. 

Capa do livro de Gil do Vigor com o escrito
Livro sobre o economista pernambucano que conquistou o país ao participar do BBB Divulgação/Divulgação

Desempregada, a mulher chegou a morar na rua e pedir dinheiro para comer com seus três filhos. Em dado momento, um homem apareceu. “Um homem me ofereceu dinheiro para eu poder comprar comida para as crianças se eu saísse com ele. E eu fiz isso”, revelou. 

“Chegar a esse ponto é extremamente difícil para uma mulher. Mas não tenho vergonha: meus filhos valem mais do que eu. (…) Eu tive que me deitar com homem para trazer comida para casa. Me vendi para criar meus filhos. E isso não me torna menor do que ninguém”, afirma Jacira em depoimento à obra.

Hoje ex-BBB, Gil do Vigor se tornou uma figura pública reconhecida no Brasil e foi contratado pela Globo, além de possuir uma promissora carreira acadêmica como doutorando em economia. Jacira Santana também ganhou holofotes ao ficar conhecida como “mãinha”. Em seu Instagram, conta com mais de 400 mil seguidores e já é uma influenciadora digital.

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade