Clique e assine por apenas 6,90/mês

Sambista Wilson das Neves morre aos 81 anos no Rio

Músico lutava contra um câncer e estava internado

Por Redação VEJA São Paulo - Atualizado em 27 ago 2017, 10h41 - Publicado em 27 ago 2017, 10h27

O sambista carioca Wilson das Neves morreu na noite deste sábado (26) no Hospital Ilha Governador, no Rio de Janeiro. Aos 81 anos, o baterista e compositor estava internado para fazer tratamento de câncer diagnosticado há alguns anos. O anúncio de sua morte foi divulgado pela família no perfil oficial do músico no Facebook.

É com profundo pesar que anunciamos o falecimento de um dos maiores nomes da música brasileira, o baterista Wilson Das Neves. Instrumentista diferenciado, compositor e cantor brilhante nos últimos anos. A saudade vai ser grande no coração de tantos amigos, parceiros e fãs que ele cultivou ao longo da vida. A família agradece as condolências”, diz a postagem.

Das Neves será velado na manhã deste domingo (27) na quadra da escola de samba Império Serrano, em Madureira, zona norte da cidade.

Compositor, cantor e baterista de Chico Buarque desde 82, o carioca participou de cerca de 800 discos com grandes nomes da música, como Elza Soares, Roberto Carlos e Elis Regina.

Continua após a publicidade

O cantor Chico Buarque homenageou o artista postando uma foto dos dois juntos no Instagram.

View this post on Instagram

Mestre Wilson das Neves

A post shared by Chico Buarque (@chicobuarque) on

Continua após a publicidade

 

Publicidade