Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Sair do 8 ou 80 emocional, com Heloísa Capelas

Ativista do perdão, ela fala sobre a busca por equilíbrio: "Todo mundo sente a mesma coisa, relaxa. Somos iguais na dor e na nossa capacidade de amar"

Por Helena Galante Atualizado em 1 mar 2021, 16h16 - Publicado em 1 mar 2021, 00h10

“Viver feliz e equilibrado quando dá tudo certo, qualquer um faz. A questão é viver feliz e equilibrado quando dá tudo errado.” Pois é justamente nesses momentos em que as coisas não saem como o esperado que Heloísa Capelas aprendeu a achar uma brecha para lembrar que podemos perdoar a nossa história e escolher pelo amor. Convidada de Helena Galante para o episódio #90 do podcast Jornada da Calma, a ativista do perdão e referência do Processo Hoffman no Brasil trabalha pelo desenvolvimento do equilíbrio emocional. “Lidamos no 8, que é o racionalizar tudo, ou no 80, do dramatizar tudo. É o meio do caminho que faz a gente sentir.”

Ficar de cara com os sentimentos assusta? Pois Heloísa lembra da nossa humanidade compartilhada: “Todo mundo sente a mesma coisa, relaxa. Somos iguais na dor, mas também na nossa capacidade de amar.” As diferenças estão, então, na consciência desta competência amorosa. Se não estamos conscientes, agimos como predadores; se estamos conscientes, agimos como contribuintes. Não importa onde você esteja agora, porém, a mensagem é clara: sempre é tempo de mudar. “Todo mundo tem jeito, até o último suspiro.”

Publicidade