Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Reportagem da VEJA SÃO PAULO é finalista no prêmio Jornalista de Impacto

Matéria "Lucro Que Vem Do Bem" foi capa da publicação em março de 2019

Por Tatiane de Assis Atualizado em 30 abr 2020, 20h58 - Publicado em 30 abr 2020, 20h50

A reportagem Lucro Que Vem Do Bem, que foi matéria de capa da VEJA SÃO PAULO em 27 de março de 2019, é uma das finalistas do prêmio Jornalista de Impacto, na categoria texto. O concurso visa reconhecer trabalhos que discutam os chamados negócios de impacto social, empreendimentos que por meio de recursos privados ou públicos buscam solucionar problemas ligados à desigualdade sócio-econômica, em comunicação direta com a comunidade afetada.

Escrita pelas jornalistas Juliene Moretti e Tatiane de Assis, a matéria traz nove empresas sediadas na cidade de São Paulo, são elas:  Pluvi.On, Muzzicycles, Avante, POSITIV.A, Jeitto, Vivenda, Boomera, Panosocial e Jaubra. A última, por exemplo, é uma espécie de aplicativo que tem como foco a questão da mobilidade no bairro da Brasilândia e arredores. Em meio à deficiência do transporte público na região e não atendimento de aplicativos, como Uber e Cabify, é uma opção para os moradores, além de gerar empregos.

“É surpreendente e gratificante conhecer e falar de iniciativas, que abrangem em seus novos modelos de negócios um olhar voltado às questões sociais com soluções práticas, com responsabilidade e cuidado com a cidade e com o bem-estar de quem emprega”, afirmam as jornalistas, que demoraram cerca de dois meses para a confecção do trabalho, que disputa com quatro outras matérias o primeiro lugar.

O prêmio Jornalismo de Impacto teve 120 matérias inscritas, o que equivale a um aumento de 40% em relação ao ano anterior. “Com o sucesso da primeira edição, o prêmio atraiu mais jornalistas. Além disso, o próprio tema vem sendo mais discutido no país. A conjuntura atual do Brasil faz com que a sociedade busque novas alternativas”, afirma Vanessa Prata, sócia co-fundadora da ponteAponte, consultoria que organiza o concurso, que tem apoio da Aliança pelos Investimentos e Negócios de Impacto e Instituto de Cidadania Empresarial (ICE), dentre outros patrocinadores.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade