Clique e assine por apenas 5,90/mês

Raio X em quadro de Paul Gauguin revela imagens fantasmas

Equipe do Masp descobriu três rostos sob a primeira camada de tinta

Por Julia Flamingo - 15 abr 2016, 13h26

Depois de muitos cigarros e paixões parisienses, o francês Paul Gauguin (1848-1903) mudou-se para o Taiti. Na época em que pintou este autorretrato, de 1896, exposto nos cavaletes do 2° andar do Masp, Gauguin já sofria de sífilis e era cuidado por uma garota polinésia de 14 anos, a quem acabou engravidando.

Gauguin_RaioX_1
Gauguin_RaioX_1

No raio X da tela feito pela equipe do museu, apareceram três rostos sob a camada de tinta — um de perfil, outro de frente e, mais à direita, um rascunho que parece representar outra pessoa. Como não há documentos nos quais o autor trate do assunto, a razão da existência dessas “imagens fantasmas” permanece um mistério.

Publicidade