Clique e assine com até 89% de desconto

Planos e correntezas, com Allan Dias Castro e Tiago Corrêa

Criadores do Reverb abordam o poder da poesia falada e da música no processo de encontrar contentamento para além do controle

Por Helena Galante Atualizado em 5 nov 2020, 14h16 - Publicado em 2 nov 2020, 00h10

A insatisfação com a vida no piloto automático de antes e a vontade de viver de um grande sonho uniram o poeta Allan Dias Castro e o músico Tiago Corrêa no projeto Reverb Poesia. Convidados de Helena Galante para o episódio #73 do podcast Jornada da Calma, eles contam qual foi a base para a mudança que fizeram: “Premissa básica é aquela pergunta: O que você faz para viver faz com que você se sinta vivo?”, dizem ambos. “Buscar um sonho não é tão simples porque tem a realidade no meio do caminho”, provoca Allan.

No encontro, a dupla reconheceu o valor da arte, a busca pela entrega perfeita e a aceitação do processo, independente do resultado. “Há aquela cobrança de ter que ser bom em tudo o tempo inteiro. Daí a gente nunca começa”, alerta Allan. “Parece que a vida é um grande mar, você acha que tem que nadar para um lado, a vida está te levando para lá, mas você acha que tem que ser por aqui”, diz Tiago. Como lidar com as correntezas da vida, então? O caminho, parece, vai longe dos planos e do controle. “Planos são castelos de areia na frente do mar”, conclui Allan.

Publicidade