Clique e assine por apenas 6,90/mês

Na Pinacoteca, costureiros produzem retratos de tecidos à vista do público

Obra 'Alfaiataria' foi concebida pela artista mineira Laura Lima

Por Tatiane de Assis - Atualizado em 14 Feb 2020, 16h01 - Publicado em 13 Jul 2018, 06h00

Desde sábado (7), a área da Pinacoteca chamada Octógono recebe a obra Alfaiataria, da artista mineira Laura Lima. Nela, seis profissionais ligados à Associação dos Alfaiates e Camiseiros do Estado de São Paulo (Aacesp) vão trabalhar em dois turnos de quatro horas durante três meses. Em vez de roupas, produzem à vista do público retratos com mais de 37 tipos de tecido.

“A gente interpreta desenhos feitos pela Laura”, explica o costureiro Limbert Gonzales. Os trabalhos não são realistas. Então, não espere ver bocas, olhos e nariz. Deve-se soltar a imaginação e mergulhar em texturas, recortes e cores. Quando estão prontas, as peças (serão trinta, no total) ficam suspensas em uma estrutura metálica do espaço. A Holanda viu uma versão anterior do trabalho em 2014.

Publicidade