Na Pinacoteca, costureiros produzem retratos de tecidos à vista do público

Obra 'Alfaiataria' foi concebida pela artista mineira Laura Lima

Desde sábado (7), a área da Pinacoteca chamada Octógono recebe a obra Alfaiataria, da artista mineira Laura Lima. Nela, seis profissionais ligados à Associação dos Alfaiates e Camiseiros do Estado de São Paulo (Aacesp) vão trabalhar em dois turnos de quatro horas durante três meses. Em vez de roupas, produzem à vista do público retratos com mais de 37 tipos de tecido.

“A gente interpreta desenhos feitos pela Laura”, explica o costureiro Limbert Gonzales. Os trabalhos não são realistas. Então, não espere ver bocas, olhos e nariz. Deve-se soltar a imaginação e mergulhar em texturas, recortes e cores. Quando estão prontas, as peças (serão trinta, no total) ficam suspensas em uma estrutura metálica do espaço. A Holanda viu uma versão anterior do trabalho em 2014.

Newsletter Conteúdo exclusivo para você
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s