Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Pesquisa da Booking.com revela as tendências para o turismo em 2022

Dados da plataforma indicam o futuro das viagens e o fortalecimento de sete tendências para quem está pronto para voltar a descobrir o mundo

Por Abril Branded Content 22 dez 2021, 15h33

Sejamos francos: tudo mudou nos dois últimos anos. Mas, mesmo que a pandemia ainda não tenha ficado para trás, uma coisa é certa: viajar continua sendo prioridade para muita gente.

Estudo promovido pela Booking.com (com mais de 24 000 viajantes de 31 países, incluindo o Brasil) revelou pessoas ávidas por compensar o “tempo perdido” de férias. “As viagens foram redefinidas inúmeras vezes, com mudanças significativas, nos levando para uma versão em constante evolução do ‘novo normal’. Vimos que 2022 será o ano em que as pessoas vão aproveitar ao máximo a imprevisibilidade”, diz Marco Sobrinho, area manager da Booking.com.

Os resultados coletados na pesquisa, combinados com dados do setor e insights da plataforma líder digital em viagens, mostram o fortalecimento de importantes tendências no turismo para o ano que começa.

Como se fosse a primeira vez

Divulgação
Divulgação/Divulgação

As viagens em 2022 prometem trazer de volta a alegria e a excitação das nossas primeiras experiências turísticas. Para a maioria dos brasileiros, coisas corriqueiras, como sentir o sol na pele (83%) ou ver o mar (86%), já têm efeito instantâneo no humor.

A ausência de deslocamentos por um período tão grande levou as férias a outro nível de prioridade: o estudo revelou que 83% dos participantes da pesquisa veem as viagens como um auxílio fundamental para a manutenção do seu bem-estar.

A associação do turismo com o bem-estar é tão grande que 57% dos entrevistados dizem que ficarão felizes simplesmente por estarem longe de casa, independentemente do destino, e 90% afirmam que o simples fato de ter férias planejadas já tem impacto psicológico positivo.

Continua após a publicidade

E o otimismo definitivamente está de volta: 75% afirmam que vão dizer sim a qualquer oportunidade de férias que caiba dentro do orçamento financeiro. A preferência geral é por férias totalmente flexíveis (58%), abrindo-se, inclusive, a diferentes tipos de viagem (74%).

Sustentabilidade e foco nos relacionamentos

Segundo Marco Sobrinho, a pandemia se mostrou determinante para que viajantes se comprometessem com a sustentabilidade em suas viagens, fortalecendo a relação com suas comunidades. “Os brasileiros são a segunda nacionalidade que mais quer ver o dinheiro gasto em suas viagens voltando para a comunidade local, 81%, atrás apenas dos tailandeses”, diz ele.

Marco acredita que os viajantes já estejam dando passos importantes, ainda que pequenos, para um turismo mais consciente: 66% dos entrevistados querem gerar impactos positivos em suas férias. “Para isso, uma das medidas adotadas pela Booking.com foi a criação do selo Viagens Sustentáveis, obtido pelas acomodações que implementaram algumas das 32 práticas de sustentabilidade identificadas pela Booking.com em colaboração com especialistas do setor. Essas práticas são divididas em cinco áreas principais: resíduos; energia e gases do efeito estufa; água; apoio às comunidades locais; e proteção à natureza. Todos os viajantes conseguem conferir quais são as acomodações participantes do programa clicando, durante a busca, na opção ‘Acomodações participantes do programa Viagens Sustentáveis’ entre os filtros disponíveis”, afirma Marco.

Depois de tanto distanciamento social, o foco está também nos relacionamentos. Três em cada quatro brasileiros querem conhecer novas pessoas também durante as férias e 48% esperam, inclusive, viver um romance em sua próxima viagem.

Por outro lado, 2022 deve ter um equilíbrio mais saudável entre vida pessoal e profissional. Não apenas 75% dos entrevistados desejam férias completamente livres de interferência do trabalho no novo ano como também 58% dos brasileiros preferem ter menos tempo de férias se puderem se desconectar por completo do trabalho no período.

Abraçar o imprevisível é preciso

A saúde continuará vindo em primeiro lugar e o cumprimento de protocolos é cada vez mais fundamental. “Para que o viajante possa encontrar de maneira simples e rápida essas informações, a Booking.com incluiu o novo filtro ‘Medidas de saúde e segurança’, em que será possível reservar acomodações que reforçaram suas práticas de higiene e limpeza ao longo dos últimos meses”, diz Marco Sobrinho.

A pandemia nos fez também entender o quanto tudo pode mudar de uma hora para outra. O estudo conclui que, hoje, as prioridades do viajante brasileiro ao planejar suas férias são a garantia de não perder dinheiro (42%) e a possibilidade de cancelar ou reagendar gratuitamente suas reservas (21%). Não à toa, a recomendação da Booking.com é para que os viajantes deem preferência a reservas com cancelamento gratuito ou flexíveis, ou seja, que possam ter datas alteradas sem custo.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês