Clique e assine por apenas 6,90/mês

Paulistanos lançam clube de descontos para serviços de saúde e lazer

Empresa que inicia operações em São Paulo nesta terça-feira (21) promete descontos de até 60%

Por Guilherme Queiroz - Atualizado em 21 jan 2020, 19h53 - Publicado em 21 jan 2020, 19h29

Nos últimos anos a alta no valor dos planos de saúde assustou o consumidor: desde 2001 o aumento de preço foi de 382%, superando a inflação de 208% para o mesmo período, segundo pesquisa divulgada pelo Ipea em 2019. Em meio ao encarecimento, startups surgem para tentar explorar uma abertura no mercado: oferecer serviços particulares a um preço mais acessível.

É o caso da recém-lançada Clude. A empresa começou a ser estruturada em 2019, com investimento de 2 milhões de reais, e inicia as operações nesta terça-feira (21). É uma espécie de clube de ofertas, que promete descontos de até 60% em consultas médicas, supermercados e lojas no site, além de serviços de lazer mediante pagamento de uma mensalidade.

A ideia não é inédita no campo da saúde. Empresas como Doutor 123, Boa Consulta e Dr. Consulta oferecem serviços médicos e exames laboratoriais com valores mais em conta. No Doutor 123, por exemplo, a mensalidade custa 22,90 reais e dá direito a ofertas em consultórios e laboratórios, e o Boa Consulta oferece descontos em compromissos pontuais.

Mas a Clude tenta ser mais abrangente. A mensalidade do serviço é de 50 reais, mais taxa única de 100 reais para a adesão. Além do titular o valor pode contemplar cônjuge e dependentes de até 24 anos. Com 150 clínicas cadastradas, a empresa conta com parcerias de 4 000 restaurantes, redes de farmácias, supermercados e lojas, que podem ser acessados no site. Uma consulta particular com um alergista que sairia por 150 reais, por exemplo, pode custar 90 reais na plataforma.

Marcos Colussi e Marcio Montavani na sede no centro de SP Divulgação/Divulgação

O clube é dividido em três frentes: Clude Saúde, onde os clientes têm acesso a descontos em exames, cirurgias, medicamentos, vacinas, entre outros. Na modalidade é inclusa também a chamada tele-orientação médica, em que é possível tirar dúvidas via chamada de vídeo sobre remédios ou pequenos problemas de saúde com o time de doutores e enfermeiros. Outro é o Clude Help, com orientações na área jurídica e financeira. E por último, o Clude Shop, com descontos em lojas, restaurantes, passeios, viagens, roupas, produtos de beleza, cinema, teatro…

“Vamos começar a operação na Grande São Paulo, depois queremos expandir para o resto do país e outras capitais”, afirma Marcio Mantovani. O administrador é um dos fundadores da iniciativa, junto com Marcos Carneiro, cirurgião-dentista. Em 2020 eles devem injetar mais 10 milhões de reais no produto e esperam chegar a 120 000 membros, com faturamento anual de 50 milhões de reais.

O time de 40 pessoas ocupa uma sala comercial no centro da capital paulista. Para acelerar o crescimento da empresa, eles levam incentivos para quem indicar amigos ao serviço, algo parecido ao que é oferecido em gigantes como Uber e Rappi. Só que, em vez de mais desconto, quem conseguir levar novos membros ganha 50 reais de bonificação por cliente e 1 real por mês por usuário indicado que permanecer ativo.

+ OUÇA O PODCAST Jornada da Calma

Continua após a publicidade
Publicidade