Clique e assine por apenas 5,90/mês

Menos coisas, mais afeto, com Ana Paula Passarelli

Adepta do minimalismo como estilo de vida, Passa fala sobre como diminuir o consumo e fazer escolhas mais conscientes e carinhosas

Por Helena Galante - Atualizado em 28 set 2020, 11h19 - Publicado em 28 set 2020, 00h10

Quantas coisas nós consumimos no dia a dia? Quantas dessas coisas eram realmente necessárias? Essa pergunta veio com força para Ana Paula Passarelli, a Passa, na gravidez da filha, a pequena Emma. Convidada de Helena Galante para o episódio #68 do podcast Jornada da Calma, Passa compartilha o pensamento que surgiu entre listas de compras do que toda-mãe-precisa-ter. “Se a gente não mudar nossa relação com o consumo, pode ser que não tenha planeta”, afirma. “Preciso deixar para minha filha um mundo que vá fazer sentido para o que ela vai ser, não só ter.”

A preocupação de abrangência global se traduz em pequenas atitudes cotidianas. “Tudo começa com a gavetinha, quando as coisas não estão mais cabendo ali e pensamos o que fazer com o acúmulo.” Ana Paula fala sobre como trocar o processo de comprar e comprar para se posicionar na sociedade pela decisão de escolher pelo afeto do que fica. “Quando a gente olha para o excesso de informações, de coisas dentro da casa, de notificações no nosso celular, será que não estaria no momento de voltar para o mais simples?”

Publicidade