Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Ir além das redes sociais, com Luciana Paes

A atriz fala sobre conversas que fogem da programação do algoritmo e de criar um espaço neutro: "As pessoas precisam de respiro"

Por Helena Galante Atualizado em 16 abr 2021, 20h07 - Publicado em 19 abr 2021, 00h10

Você já encontrou com alguém e teve a sensação que a conversa toda foi pautada pela rede social?  “Tem uma gama de pessoas que navegam sobre os assuntos da timeline, o papo é o algoritmo”, diz a atriz Luciana Paes, convidada de Helena Galante para o episódio #97 do podcast Jornada da Calma. Integrante da Cia. Hiato, Luciana gosta de ir mais fundo: “A gente é só um personagem que constrói há mais tempo.” Ela compartilha a liberdade da arte de olhar para os lados menos apreciáveis do ser humano e entender que tudo é mais complexo. “Na internet, as coisas são ‘ou’ – você é isso ou aquilo. No teatro, a gente estuda que você pode ser isso ‘e’ aquilo, pode ser alguém generoso e que foi escroto naquele momento.”

É na rede social, porém, no Instagram, que Luciana tem publicado toda segunda-feira vídeos dublados que valem a atenção. A série se chama #segundafofa e traz o diálogo interno que Luciana imagina para um animalzinho bonitinho. “Eu não aguentava mais ter a minha cara na timeline, estava cansada da minha pessoalidade. Os bichinhos têm essa neutralidade.” As mensagens não são nem positivas nem negativas, apenas observações da realidade. “As redes sociais estão muito congestionadas. As pessoas precisam de um espaço mental, um respiro”

Publicidade