Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Gisele Bündchen dá resposta a ministra após provocação em rádio

"Causou-me surpresa ver meu nome mencionado de forma negativa", afirmou a modelo, em post publicado nas redes sociais

Por Redação VEJA São Paulo 17 jan 2019, 09h22

Depois de ter sido “convocada” pela ministra da Agricultura Tereza Cristina em um programa de rádio, ao vivo, a modelo Gisele Bündchen respondeu a ironia com uma carta. Ela afirma que maus brasileiros são aqueles que desmatam.

No programa da Rádio Jovem Pan, a ministra afirmou que a estrela brasileira deveria ser uma “embaixadora” do país no exterior, divulgando como o Brasil preserva a natureza. Tereza criticou brasileiros que, como a modelo, fazem críticas à legislação e à atuação do governo na preservação de sua floresta. “É um absurdo o que fazem hoje com a imagem do Brasil. Infelizmente são maus brasileiros. Por algum motivo vão lá fora levar uma imagem do Brasil e do setor produtivo que não é verdadeira. País nenhum do mundo tem lei como a nossa”, afirmou (saiba mais sobre o caso).

Em sua resposta, a modelo contestou informações da ministra sobre a quantidade de áreas protegidas no Brasil citando dados oficiais sobre desmatamento. “Lamento ver notícias, como a do final de 2018, com dados do Governo Federal divulgados amplamente na imprensa, que o desmatamento na Amazônia havia crescido mais de 13%, o que representava a pior marca em dez anos. Um patrimônio inestimável ameaçado pelo desmatamento ilegal e a grilagem de terras públicas. Estes sim são os ‘maus brasileiros’”, escreveu

Tereza agradeceu e disse que convidará Gisele para tratar de uma agenda positiva que una agricultura e preservação, segundo informação da Folha de S. Paulo.

Nas redes sociais, Gisele também se manifestou sobre o caso: “Causou-me surpresa ver meu nome mencionado de forma negativa por defender e me manifestar em favor do meio ambiente, pois desde 2006 venho apoiando projetos e me envolvendo com causas socioambientais, o que sempre fiz com muita responsabilidade”, postou. Confira:

 

Continua após a publicidade
Publicidade