Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Fotógrafo Joel Sartore conduz live sobre animais ameaçados de extinção

No Dia Mundial das Espécies em Extinção, Joel Sartore fala sobre carreira e projeto fotográfico com 10 mil imagens de animais nesta sexta (15)

Por Humberto Abdo 15 Maio 2020, 14h32

Em homenagem ao Dia Mundial das Espécies Ameaçadas de Extinção, o fotógrafo americano Joel Sartore conduz nesta sexta (15), às 16h, uma live sobre sua trajetória como defensor da conservação ambiental. A sessão será transmitida ao vivo no YouTube.

A live faz parte do Explorer Classroom, programa da National Geographic Society. Sartore é pesquisador da National Geographic e criador da Photo Ark, iniciativa para documentar todas as espécies que vivem em zoológicos e santuários de vida selvagem.

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

 

A exibição marca as 10 mil espécies fotografadas pelo projeto com a foto de um gato-chileno, o menor gato selvagem da América. Sartore planeja conseguir até 15 mil fotos no total, um registro da biodiversidade no planeta com pássaros, peixes, mamíferos, anfíbios e répteis.

O americano produz todas as fotos com o mesmo fundo em preto e branco, fazendo com que espécies pequenas, como um besouro-tigre, pareçam tão grandes quanto um tigre.

O gato-chileno está listado como uma espécie vulnerável na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN). A população desses animais foi reduzida devido à degradação de seus habitats, doenças emergentes causadas por gatos, mortes por vingança por predação de aves e mortes acidentais de carro.

Continua após a publicidade

+ Assine a Vejinha a partir de 6,90

 

Mas ecologistas e santuários da vida selvagem do Chile trabalham para proteger esta espécie. O gato-chileno fotografado por Sartore é cuidado pela Fauna Andina, uma reserva de vida selvagem no Chile que trabalha para reabilitar pequenos gatos e depois libertá-los em seu habitat natural.

A live, gratuita, pode ser acessada neste link.

View this post on Instagram

Today we’re crossing the 10,000 species mark with the güiña, a small wild cat photographed @fauna_andina in Chile! It’s been 15 years in the making, and we’ll keep going until we get every species in human care around the world – once the pandemic subsides, of course. Please join us in celebrating this milestone, and think about the ways that you can save species; reduce, reuse, recycle… but also insulate your home well, plant a pollinator garden, and never use chemicals of any kind on your lawn. You know the drill. From all of us at Team Photo Ark, thank you. Now, let’s save them all! #PhotoArk #savetogether

A post shared by Joel Sartore- Photo Ark (@joelsartore) on

  • Continua após a publicidade
    Publicidade