Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Massacre no cinema

A sessão que terminou em mais de quarenta mortos, em 1938, no Brás

Por Daniel Bergamasco, Mariana Barros, Rachel Verano, e Maurício Xavier [colaboraram Ricky Hiraoka, Carolina Giovanelli e Arnaldo Lorençato] Atualizado em 5 dez 2016, 16h23 - Publicado em 18 jan 2013, 20h44

Quem passa hoje pelas vitrines recheadas de roupas de cama, mesa e banho da unidade da rede Zelo instalada no imponente palacete erguido na esquina da Rua Ministro Firmino Whitaker com a Saião Lobato, no Brás, certamente não sabe que o imóvel construído em 1927 foi palco de uma das maiores tragédias da cidade. Na matinê do dia 10 de abril de 1938, onze anos após a inauguração do Cine Oberdan, estava sendo exibido o filme Criminosos do Ar, de Charles Coleman, quando, por volta das 17h, alguém na plateia gritou: “Fogo!”. O falso alarme provocou pânico e correria pelas escadarias estreitas da saída. Resultado: trinta crianças e uma mulher de 45 anos foram pisoteadas e mortas. Até o fim dos anos 60, o cinema continuou funcionando no local e, em meados da década seguinte, o prédio tornou-se o endereço mais tradicional da marca de enxovais.

+ Confira mais curiosidades em nosso mapa interativo da cidade

 + Aconteceu bem aqui: curiosidades que marcaram os 459 anos da metrópole

 

 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês