Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Congregação Israelita apresenta concerto online direto de Jerusalém

Apresentação de grupo consagrado é um dos eventos da agenda de comemorações dos 85 anos da instituição

Por Artur Alvarez Atualizado em 23 fev 2021, 13h09 - Publicado em 23 fev 2021, 13h05

A Congregação Israelita Paulista (CIP) realizará, neste domingo (28), às 17h, um concerto beneficente para celebrar o aniversário de 85 anos da instituição em conjunto com a “The Israel Camerata Jerusalém Orchestra”. A orquestra se apresentará diretamente de Jerusalém, com transmissão ao vivo na televisão e no site da CIP. 

A ‘entrada’ é gratuita, mediante inscrição prévia até esta quarta (24), no site da Congregação. O programa para a orquestra inclui concerto para violoncelo Op. 129 de Schumann, Sinfonia Italiana Op. 90 de Mendelssohn e os Hinos Nacionais do Brasil e de Israel. Durante a transmissão vai ser possível efetuar doações, que serão revertidas para os projetos sociais da CIP.

membros da camerata de israel posando para a foto
Todos os 35 membros da Camerata de Jerusalém Galit Deutsch/Divulgação

A apresentação faz parte do calendário de comemorações da instituição planejado para o ano todo. Haverá também eventos online por conta da pandemia do novo coronavírus. 

O concerto da “Israel Camerata Jerusalém Orchestra”, considerada a principal orquestra de câmara em Israel, vai ser especial porque, além de todo o repertório e história, duas figuras da música clássica contemporânea se destacam:

A regência será feira pelo consagrado maestro Yeruham Scharovsky, que já regeu mais de 50 orquestras ao redor do mundo, inclusive a Orquestra Sinfônica Brasileira entre 1998 e 2004. O solo vai ser de Danielle Akta, a prodigiosa violoncelista de 18 anos nomeada pelo Daily Gazette como uma das 10 melhores artistas de música clássica em 2016.

A Vejinha conversou com os dois para saber suas expectativas para o concerto.

O maestro Yeruham Scharovsky

maestro Yeruham Scharovsky posando para a foto
Scharovsky vai reger a Camerata de Israel durante o concerto beneficente de domingo Eliana Assumpção/Divulgação

O argentino iniciou sua formação musical em seu país natal e nos anos 70 mudou-se para Israel e continuou seus estudos na “Rubin Superior Music Academy“. Em 1990, ele foi eleito pelo lendário maestro Zubin Mehta para receber o prêmio de “Jovem Artista do Ano”. Com isso, se credenciou para dirigir o concerto de gala da Orquestra Filarmônica de Israel.

Paralelamente à sua carreira como maestro internacional, Scharovsky vem desenvolvendo atividades no campo social e da educação musical, com masterclasses internacionais de regência orquestral.

“[Para o concerto beneficente] tínhamos duas limitações principais por conta da pandemia: o número de musicistas que se permite congregar no palco e a distância que se deve guardar entre eles. Assim, escolhemos a “The Israel Camerata Jerusalém Orchestra”, reconhecida como a melhor orquestra de câmara de Israel e por esse tipo de orquestra trabalhar com um número fixo de 35 musicistas”, explica o maestro.

Para ele, há um amor compartilhado entre as comunidades judaicas ao redor do mundo, o que faz com que todas elas sejam uma grande e forte comunidade. 

“Neste concerto estão envolvidos muitos sentimentos. Existe [na apresentação], de maneira muito forte, o tema sentimental e ideológico. Eu realmente sinto uma enorme afinidade com a comunidade judaica do Brasil e sinto que as comunidades judaicas ao redor do mundo compartilham um sentimento comum de irmandade e de identificação mútua. É algo difícil de explicar, mas é como se fossemos uma grande família internacional. Sempre estaremos dispostos a dar de tudo um pelo outro e essa importante comemoração da CIP é um ótimo exemplo”, explicou.

Continua após a publicidade

“Por isso queremos oferecer à comunidade judaica de São Paulo o melhor de nosso país, que é reconhecido pelo seu investimento na cultura de maneira geral, e na música de maneira particular. E conseguiremos oferecer um concerto de altíssima qualidade também porque temos a solista Danielle Akta, que representa a nova geração de excelentes e jovens talentos israelenses no âmbito internacional. Ela, com somente 18 anos de idade, já se apresentou com maestros do gabarito de Zubin Mehta, Daniel Barenboim e Vladimir Spivakov e com algumas das maiores orquestras do mundo”, completou o maestro.

A violoncelista Danielle Akta

danielle akta posando para a foto de perfil segurando seu violoncelo

O solo da prodigiosa violoncelista israelense Danielle Akta promete ser um dos pontos altos do concerto. A solista israelense de apenas 18 anos já tem uma carreira louvável e tudo indica que terá um futuro brilhante na música clássica internacional. A violoncelista já tocou nos maiores palcos do mundo, participou de diversos festivais e acumula muitos prêmios em seu portfólio. 

Além de reconhecimentos como o “Critic’s Choice” em música clássica pelo Times Union em 2016, o “Oleg Yankovsky” de Descoberta Artística no mesmo ano e “Jovem Artista”, Danielle também acumula diversas bolsas de estudo e já tem gabarito para receber elogios como os de Scharovsky.

Mas, por trás de todos esses prêmios e prestígio, Danielle diz que também sente a pressão de tocar: “é algo normal e também me afeta”, diz. “É uma das habilidades que sempre tento aprimorar”, completa.

Danielle também tenta não pensar tanto em onde sua carreira pode chegar. “Me desenvolvo mais a cada dia e meu foco está em aproveitar a jornada em vez de ficar pensando no destino. Me considero abençoada e só quero continuar tocando para as pessoas porque amo fazer isso”.

Sobre o começo de sua carreira, Danielle contou que tudo aconteceu a partir de um hobby – ela estava inserida no contexto da música clássica em casa. “Comecei a tocar quando era muito nova, aos 4 anos, mas minha jornada como violoncelista começou mesmo aos 10 anos, quando comecei a trabalhar na minha carreira com mais afinco e paixão”, lembra.

Diante de tanto empenho em sua habilidade com o violoncelo Enrico Orselli, o instrumento não seria seu melhor amigo? “Não diria que o violoncelo é meu ‘melhor amigo’, em vez disso, ele me abriu as portas para todas as coisas lindas que experiencio e as pessoas que conheço. Enfim, ele moldou quem sou hoje”.

Concerto Beneficente com “The Israel Camerata Jerusalém Orchestra”

Transmissão online mediante inscrição prévia pelo link cip.org.br/camerata85 e pela TV em “Canal TV Aberta”, canais 9 da NET/Claro e 8 da VIVO.
Data: 28 de fevereiro de 2021
Horário: 17h
O evento é apresentado pelo Ministério do Turismo, Congregação Israelita Paulista e Focus Energia, com patrocínio de CSN, Itaú,  Bemol,  Daycoval, GR,  Safra  e Rosset.
Informações pelo e-mail: central.atendimento@cip.org.br

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

 

Continua após a publicidade
Publicidade