Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

“Dei a maior força para que ele entrasse no MasterChef”

Incentivadora do talento de Tiago Souto na cozinha, Carol Moreira se aproximou do companheiro depois de encontros ao acaso

Por Carol Moreira, 33 anos, em depoimento a César Costa Atualizado em 30 jul 2021, 12h50 - Publicado em 30 jul 2021, 06h00

Como sou vlogger e apresentadora, uma marca de sorvete propôs uma ação comigo em casa, aqui em São Paulo. Chamei uma amiga e, quando chegaram, tive duas surpresas. Primeiro, dei de cara com uma pessoa fantasiada de casquinha de sorvete, envolta na embalagem da marca como se fosse uma roupinha. Junto com o cornetão, outro rapaz, vestido de sorveteiro de praia. Era o Tiago, que eu já conhecia! Conversamos e ele tirou uma foto minha com o sorvete humano. Fiz uma brincadeirinha. Gravei ele e disse: ‘O boy magia vem junto?’. Tiago deu algumas risadinhas, mas ficou totalmente sem graça. Ele achou que eu estava dando em cima dele. Juro que não estava.

Eu havia conhecido Tiago em Brasília, por intermédio do meu ex-namorado, também Thiago, mas com H, durante a faculdade (eu cursava audiovisual e ele, publicidade). Fiquei quatro anos com meu ex. Frequentamos os mesmos rolés, mas não éramos tão próximos, mesmo tendo ido a festas na casa de Tiago. Engraçado que hoje vejo as fotos e reconheço: ‘Nossa, é a casa da sua família!’.

A imagem mostra Carol em pé e Tiago sentado em uma mesa de bar. Há várias outras pessoas em volta e os dois estão relativamente longe um do outro.
Na faculdade: Carol e Tiago, apesar de irem às mesmas festas, não eram próximos Arquivo pessoal/Veja SP

Depois que me formei e terminei com meu ex, eu me mudei para São Paulo. Por coincidência, comecei a encontrá-lo. Esbarrei com ele em uma padaria, em uma festa, no cinema, sempre sem querer. Até o dia que ele começou a me ver com outros olhos, quando veio à minha casa com o look de sorveteiro. Na época, eu tinha virado vegetariana e ainda aprendia a preparar pratos sem carne. Cozinheiro de mão-cheia, Tiago se propôs a me ajudar na cozinha, claramente com segundas intenções. Saquei qual era a dele e não dei trela.

Não queria nada com ele porque já tinha pegado todas as minhas amigas. Ficaria um climão. Ele continuou conversando comigo, puxou assunto sobre séries. Então, teve um momento em que comecei a dar algumas chances, mas parecia que não era para ser.

Nós dois viajamos separados e de novo nos encontramos na mesma cidade. Foi na virada de 2017, no rio. Ele estava em uma festa, mandou uma imagem do lugar e me convidou para ir lá. Quando olhei bem, encontrei meu ex-ficante na imagem. Desisti e só tentei de novo meses depois, no meu aniversário. Convidei ele e outro amigo. Os dois não foram. E na terceira vez foi o acaso que o colocou no meu caminho.

+ “Paredão”: MasterChef muda a forma de avaliação; entenda

Era uma festa de lançamento de uma série da Netflix. Não passava pela minha cabeça encontrá-lo naquele dia. Curti bastante e, no final, já bêbada, o pessoal do Choque de Cultura, com quem tinha tido contato antes, me convidou para um after em um lugar que eu nem conhecia. Chegando lá, quem encontro? Tiago. Estava decidida que daquele dia não passaria. Fui paquerá-lo. Conversamos um bom tempo até mudarmos para o terceiro destino da noite, um bar estilo sujão. Ficamos lá até o amanhecer. Relembramos nossos tempos de Brasília. Descobrimos uma jukebox e colocamos forró para dançar. Ele mandava bem, eu adorava. Modéstia à parte, arrasamos. Depois da empolgação, só sobramos eu e ele. Foi ali que demos nosso primeiro beijo. Depois de um tempo, Tiago me convidou para um date ‘arrumadinho’ e o relacionamento foi acontecendo.

Continua após a publicidade
A imagem mostra Carol Moreira sentada em cima de uma pessoa fantasiada de corneto. Ela está com o sorvete na mão e sorrindo para o câmera.
Dia do corneto: Carol Moreira em foto tirada pelo Tiago Souto Arquivo pessoal/Veja SP

Em paralelo, ele trabalhava com publicidade como diretor de arte. Ganhava bem, mas desistiu da carreira após viajar para vários países. Por outro lado, decidiu seguir profissionalmente o hobby que amava: a cozinha. Participou de um trabalho com uma marca de bebidas e se aproximou de alguns restaurantes, porém ainda estava meio perdido. Neste ano, veio o ponto de virada: avisaram-nos sobre as inscrições do MasterChef, e ele passou no processo. Tiago é um cara mais na dele, calado. Nunca o imaginei entrando para um reality show.

O Tiago também é meio indeciso, leva tempo para fazer suas escolhas. Não tinha certeza de que iria mesmo para o programa. Eu o apoiava, incentivava: ‘É claro que você vai!’. Agora que chegou lá, está empolgado, quer muito ganhar. É surreal vê-lo na televisão, fazendo algo que realmente ama. Adoraria que fôssemos o novo casal Fernanda Lima e Rodrigo Hilbert, a apresentadora e o cozinheiro.”

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 04 de agosto de 2021, edição nº 2749

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade