Clique e assine com até 89% de desconto

Buddy Valastro, o Cake Boss, diz que pode não voltar mais a fazer bolos

O confeiteiro-celebridade sofreu um acidente em setembro e operou três vezes a mão direita

Por Redação VEJA São Paulo Atualizado em 22 nov 2020, 19h57 - Publicado em 22 nov 2020, 18h21

O confeiteiro-celebridade Buddy Valastro, conhecido pela apresentação do programa Cake Boss, afirmou que pode não se recuperar totalmente do acidente que sofreu em casa, em setembro, e o fez passar por três cirurgias na mão direita.

Em setembro, o chef estava jogando boliche na pista que tem em sua residência. O armador de pinos atravessou sua mão e o deixou preso.

Numa entrevista ao Entertainment Tonight, Buddy disse que está focado na recuperação e tentando se manter otimista. O confeiteiro contou que, atualmente, tem apenas 10% ou 15% da força que costumava ter na mão direita e que se, precisar, vira canhoto.

Ele deve passar ainda por mais duas ou três cirurgias. “Sinceramente, não sei o quanto poderei fazer [bolos de novo]”, revelou.

Continua após a publicidade
Publicidade