As novidades de Brotas: adrenalina e natureza a 250 quilômetros da capital

Cidade é um ótimo destino para quem gosta de aventura, mas também tem atrações para quem busca tranquilidade

Brotas é sempre uma boa pedida para os amantes de aventuras cheias de adrenalina. Localizada no interior de São Paulo, a 250 quilômetros da capital, a cidade oferece atividades o ano inteiro, com atrações e eventos para todos os gostos e bolsos.

Personagem principal do turismo local, o Rio Jacaré-Pepira e seus afluentes possibilitam, além de muito banho de rio, atividades como rafting, canionismo, tirolesa, canoagem e boia-cross, por exemplo. São vinte cachoeiras regulamentadas e abertas para visitação.

Quem prefere passeios mais tranquilos pode partir para a observação de pássaros, flutuação, balonismo e, no fim do dia, escolher uma vista privilegiada para ver o pôr do sol. Os casarões da época áurea do café e as lojas e estabelecimentos de gastronomia do centro também garantem entretenimento ao longo de todo o dia.

Confira as novidades que a cidade tem para seus turistas:

Tirolesa em curvas: a atração funciona em um sistema de trilho suspenso a vários metros de altura do solo. Começa em uma plataforma, onde o turista é acomodado numa cadeirinha e preso por cinto de segurança. E, então, inicia a descida deslizando pelo trilho até alcançar o solo novamente e desembarcar, cerca de 400 metros à frente. A atividade é oferecida no Ecoparque Poção (14) 3653-5656 e custa R$ 88,00 por pessoa. No local também é possível contratar atividades como arvorismo (R$ 98,00) e boia-cross (R$ 78,00).

Nas alturas: nova tirolesa promete ainda mais emoção

Nas alturas: nova tirolesa promete ainda mais emoção (Divulgação/Veja SP)

Voo de balão: o passeio turístico sobrevoa a região desvendando o relevo, os rios e as cachoeiras de Brotas. É preciso agendar com antecedência e a decolagem depende das condições climáticas ideais. O voo livre custa R$ 460,00 e o romântico, R$ 1,8 mil para o casal. Esse último é exclusivo para as duas pessoas e inclui café da manhã e um brinde com champanhe nas nas alturas. Informações e reservas, na Ecoação (14) 3653-9140.

Balonismo: passeio é agendado com antecedência e promete paisagens inesquecíveis

Balonismo: passeio é agendado com antecedência e promete paisagens inesquecíveis (Divulgação/Veja SP)

Ponte pênsil sobre cachoeira: Inaugurada em 2018, a ponte pênsil do Ecoparque Cassorova permite uma vista privilegiada da cachoeira de mesmo nome. A mais de 100 metros de altura, a ponte é acessível também a pessoas com mobilidade reduzida. O day use do parque custa R$ 70,00 durante a semana e R$ 90,00 aos sábados, domingos e feriados. O ingresso dá direito a visitar as duas cachoeiras do local (Cassosova e Quatis) e passear pela ponte. Quem quiser se aventurar na tirolesa de 400 metros de extensão, deve optar pelo ingresso mais caro, de R$ 188,00, que já inclui as demais atrações. Ecoparque Cassorova, (14) 3653-5638.

De frente com a cachoeira: a nova ponte pênsil deixa o aventureiro cara a cara com a Cassorova, um dos cartões-postais de Brotas

De frente com a cachoeira: a nova ponte pênsil deixa o aventureiro cara a cara com a Cassorova, um dos cartões-postais de Brotas (Divulgação/Veja SP)

Queda livre: com o equipamento quick jump, parecido com o do bungee jump, o aventureiro salta de uma plataforma a 60 metros do solo para um voo em queda livre de 25 metros totalmente vertical. Conforme o aventureiro vai se aproximando da plataforma de chegada, a velocidade da queda diminui. O mecanismo do equipamento leva o participante de volta à plataforma inicial sem esforço físico. O programa custa R$ 99,99. Informações e reservas no Ecoparque Viva Brotas, (14) 99167-3343.

Adrenalina: são 25 metros de queda livre

Adrenalina: são 25 metros de queda livre (Divulgação/)

Superbike a 70 metros de altura: a pessoa é acomodada em uma espécie de bicicleta, presa a um cabo de segurança. À medida que pedala, a bike avança por cima de lindas paisagens – é possível contemplar a mata, as cachoeiras e o vale. Informações e reservas no Ecoparque Viva Brotas, (14) 3141-0073.

Vista privilegiada: com a superbike o turista pode apreciar a beleza de Brotas enquanto pedala

Vista privilegiada: com a superbike o turista pode apreciar a beleza de Brotas enquanto pedala (Divulgação/Veja SP)

Piscina aquecida com borda infinita: Inaugurada no final de 2018, a piscina semiolímpica com borda infinita oferece vista espetacular para um vale de encostas de vegetação preservada. Com 500 000 litros de água, tem área que simula correnteza e cachoeira. Desde o início do outono, está funcionando no modo aquecida, a uma temperatura média de 28°C. A parte infantil, mais quentinha, fica em torno de 30°C. O ingresso válido para o dia inteiro custa R$ 70,00 durante a semana e R$ 90,00 aos sábados, domingos, feriados e época de férias escolares. Ecoparque Recanto das Cachoeiras, (14) 3653-4227.

Para relaxar: quando a temperatura cai, a piscina é aquecida

Para relaxar: quando a temperatura cai, a piscina é aquecida (Divulgação/Veja SP)

Outras aventuras

Rafting – Atividade mais praticada em Brotas, já que o turismo gira em torno do rio Jacaré-Pepira. São diversas agências e ecoparques que oferecem a aventura de descer 10 quilômetros de corredeiras do rio em um bote. O passeio dura em torno de duas horas, e tem média de custo de R$ 130,00. Entre as ofertantes, a agência Vaca Náutica tem o passeio mais longo: são 15 quilômetros no total. Informações, (14) 3653-1247.

Brotas Rafting no rio: pra quem não tem medo de se molhar

Rafting no rio: pra quem não tem medo de se molhar (Divulgação/Veja SP)

Boia-cross – A ideia é parecida com a do rafting, no entanto, no boia-cross você desce o rio sozinho, sentado em uma boia e por percurso mais curto, cerca de 4 quilômetros. Há a opção de descer tranquilamente, relaxando e aproveitando o movimento do Jacaré-Pepira, ou, para os mais apressados, remando. O valor do passeio gira em torno de R$ 80,00. Agência Alaya (14) 3653-5656, Território Selvagem (14) 3653-5592.

Boia-cross: diversão rio abaixo

Boia-cross: diversão rio abaixo (Divulgação/Veja SP)

Arvorismo – Para quem gosta de entrar em contato com a natureza mas não abre mão da adrenalina, o arvorismo é uma boa pedida. Sempre nas alturas, a sequência de obstáculos é um desafio divertido para se fazer em grupo. O Ecoparque O Poção realiza a atividade em parceria com a Agência Alaya, e conta com a maior quantidade de provações durante o circuito: são 34 ao longo caminho e três tirolesas de 100 metros. Ecoparque O Poção, (14) 3653-5656.

brotas arvorismo Desafio: sequência de obstáculos nas alturas termina com uma tirolesa como recompensa

Desafio: sequência de obstáculos nas alturas termina com uma tirolesa como recompensa (Divulgação/Veja SP)

Canionismo – Cheio de adrenalina, o canionismo é a exploração do rio usando técnicas de rapel, onde o aventureiro precisa nadar, saltar, escorregar e caminhar durante todo o percurso, que chega a durar até meio período. Passando por corredeiras, poços e cachoeiras, é ideal para quem gosta de se molhar e não tem medo da emoção. No Ecoparque Cassorova, a atividade é feita em duas cachoeiras, na Cassorova, que dá nome ao parque e tem 60 metros de altura, e na Quatis, de 46 metros, pelo valor de R$ 215,00. Como o parque fica em um local com difícil acesso telefônico, as dúvidas podem ser tiradas no Hotel Vivenda das Cachoeiras (14) 3653-5638.

07 Somente para aventureiros: canionismo explora as cachoeiras usando técnicas de rapel

Somente para aventureiros: canionismo explora as cachoeiras usando técnicas de rapel (Divulgação/Luciana Pires/Veja SP)

Tirolesa – Em uma das maiores tirolesas de Brotas, é possível voar por cima do rio Jacaré-Pepira, que dá vida à cidade. Ideal para quem gosta de boas paisagens, mas não abre mão da adrenalina. O Ecoparque O Poção oferece o Voo do Poção, onde você pode descer toda a extensão de 1000 metros sentado ou deitado, estilo Superman. Informações, (14) 3653-5656.

Voo do Poção: 1000 metros de descida em meio à natureza

Voo do Poção: 1000 metros de descida em meio à natureza (Divulgação/Veja SP)

Para relaxar

Flutuação: Brotas conta com duas opções de flutuação em águas calmas, para quem gosta de relaxar com o movimento fluvial. A flutuação no Jacaré-Pepira, realizada pela agência Alaya (14-3653-5656), dura 30 minutos e percorre 400 metros do rio, com o valor de R$ 28,00.

A outra alternativa chama mais a atenção: localizada na Fazenda Hotel Areia que Canta, a flutuação acontece em uma nascente que possui em seu fundo uma areia muito branca e fina, quartzosa. Quando sofre atrito, essa areia produz um som específico, parecido com o de uma cuíca. Vem daí o nome “areia que canta”. Logo após, os turistas podem dar um mergulho no rio Tamanduá. O passeio todo custa R$ 55,00 durante a semana, R$ 70,00 aos sábados e domingos e R$ 90,00 aos feriados, com transporte incluso, e é feito por uma agência própria da fazenda. (14) 3654-7300.

Para descansar: a flutuação no Jacaré-Pepira dura 30 minutos

Para descansar: a flutuação no Jacaré-Pepira dura 30 minutos (Paula Barreto/Veja SP)

Cachoeiras – A maior parte das cachoeiras da cidade é acessada pelos Ecoparques e sítios da cidade, que cobram uma média de R$ 70,00 pelo dia no parque. O valor dá direito ainda a atrações e serviços dos locais, a exemplo de piscinas, vestiários, quadras de esportes… Entre as de fácil acesso estão: Cachoeira do Martello (12 km do centro de Brotas); Cassorova (26 km do centro da cidade); Quatis, Bela Vista, Coqueiros e Macacos são todas acessíveis pelo Sítio Sete Quedas (28 km do centro da cidade); Cachoeira do Ástor (26 km do centro); Cachoeiras das Andorinhas, da Figueira e das Nascentes, todas com acesso pela Fazenda Cachoeira Três Quedas (22,5 km do centro de Brotas).

Cachoeira do Martello: tem 50 metros de altura

Cachoeira do Martello: tem 50 metros de altura (Divulgação/Veja SP)

Observação de pássaros – Para quem vive na capital cercado por prédios, a chance de ter contato com a natureza é sempre bem-vinda, e observar pássaros pode ser uma boa escolha. A Fazenda Hotel Areia que Canta também oferece esse serviço, tanto para os amadores quanto para os mais entusiasmados: com o guia local da fazenda, o valor por pessoa sai a R$ 112,00, com duração de três horas onde se percorre uma trilha.

Para quem quer mais informações sobre as espécies e a companhia de um profissional, é possível contratar um biólogo por R$ 960,00, mais o valor de R$ 95,00 por pessoa. Essa opção deve ser agendada com antecedência, e inclui um lanche na trilha e até 12 horas de observação. Endereço: Acesso pelo quilômetro 124,5 da SP-225 para Itirapina | Telefone: (14) 3653-1382.

Como chegar a Brotas: Para quem sai de São Paulo, há duas opções de trajeto. Pela Bandeirantes, deve-se seguir até o quilômetro 153 e, então, entrar na Washington Luís. A outra opção é seguir pela Anhanguera até 153 e, logo após o pedágio, pegar o acesso à rodovia Washington Luís. Daí em diante, siga até o quilômetro 206 (saída 206-B) para acessar a rodovia Engenheiro Paulo Nilo Romano (SP 225), sentido Itirapina-Brotas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s