Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Memórias de luta: itens para lembrar o Dia da Consciência Negra

Uma seleção de produtos variados que fazem alusão à data

Por Maria Alice Prado Atualizado em 18 nov 2021, 22h48 - Publicado em 19 nov 2021, 06h00

Em memória ao Dia da Consciência Negra, separamos produtos que lembrem autores, pensadores e personalidades negras relevantes para o Brasil e o mundo:

Racismo Estrutural, Silvio Almeida. Amazon, R$ 16,66.

Capa do livro
Livro faz parte da série “Feminismos plurais”, organizada por Djamila Ribeiro Divulgação/Divulgação

Caneca Orgulho Negro Nina Simone. Amazon, R$44,91.

Uma caneca estampa o rosto da Nina Simone. Está com cores bem saturadas, ressaltando o verde e vermelho
Item tem 10cm de altura Divulgação/Divulgação

Camiseta Angela Davis. AliExpress, R$ 68,20.

Uma foto de uma camiseta branca que tem no centro um retrato retangular de Angela Davis com a palavra
Há outras cores da peça disponíveis no site Divulgação/Divulgação

E eu não sou uma mulher?: Mulheres negras e feminismo, bell hooks. Amazon, R$ 31,89.

Capa do livro E eu não sou uma mulher?: Mulheres negras e feminismo, de bell hooks, só com o título e a autora. Fundo rosa. Letras em tons de roxo
Autora do livro escreveu mais de 30 títulos Divulgação/Divulgação

Caneca Lélia Gonzalez. Shoptime, R$ 28,95.

Foto mostra dois lados de uma caneca. Em um, há um desenho de uma mulher negra com o black power roxo e, na outra, um parágrafo ilegível escrito por Lélia Gonzalez
Caneca mede 20cm x 9,5cm Divulgação/Divulgação

O Genocídio do negro brasileiro, Abdias Nascimento. Amazon, R$ 37,33.

Capa do livro O Genocídio do negro brasileiro, de Abdias Nascimento. A capa está escurecida em marrom e, ao fundo, dá para ver a imagem de uma mulher negra olhando para a câmera, de turbante
Autor organizou o primeiro Congresso do Negro Brasileiro Divulgação/Divulgação

Sketchbook Milton Nascimento. Chico Rei, R$ 64,90.

Um caderninho preto estampa a foto de um garoto negro. Está escurecida em tons de marrom
São 112 páginas no produto Divulgação/Divulgação

Caneca Orgulho das minhas origens. Amazon, R$44,91.

Uma caneca estampa o desenho de uma mulher negra de olhos fechados, no fundo que parece ser o céu, e as mãos em frente ao corpo. Ela está com a cabeça inclinada para cima
Item é da marca Canecas_Personalizadas Divulgação/Divulgação
Continua após a publicidade

Tornar-se negro, Neusa Santos Souza. Amazon, R$ 44,90.

Capa do livro mostra silhueta de um menino negro olhando para o lado, além do título e nome da obra em branco.
Obra foi lançada em outubro deste ano Divulgação/Divulgação

Quem Tem Medo do Feminismo Negro?, Djamila Ribeiro. Amazon, R$ 22,37.

Capa roxa do livro Quem tem medo do feminismo negro?, de Djamila Ribeiro. O título está em rosa e a autora em amarelo
Livro é um ensaio autobiográfico da autora Divulgação/Divulgação

+ Casas Bahia inaugura megaloja com sala de games e degustação de vinhos

Mouse pad Consciência Negra. Submarino, R$ 32,07.

Um mouse pad com o desenho de uma mulher negra de lado com bastante cabelo black. Há escritos em dourado que remetem a ancestralidade negra
Mouse pad é de borracha antiderrapante Divulgação/Divulgação

Quadro Power & Equality. Americanas, R$ 64,50.

Quadro tem desenhado uma mulher negra, com bastante black power, olhando para cima. O quadro é em tons de vermelho. Embaixo, o escrito
Item mede 42x29cm Divulgação/Divulgação

Quadro Malcolm X. Americanas, R$ 31,92.

A foto mostra um quadro apoiado na parede e no chão. No quadro, uma foto em preto e branco de Malcolm X olhando para o lado e com a mão no queixo
Item é no tamanho A4 Divulgação/Divulgação

Camiseta Reserva Ink Consciência Negra. Zattini, R$ 129,00.

Uma camiseta preta tem, nas cores amarela, verde e vermelha, nomes de personalidades negras e palavras como sonhar, liderar, lutar, acreditar e educar, mas em inglês
Há outras cores da peça disponíveis no site da loja Divulgação/Divulgação

+Assine a Vejinha a partir de 6,90.

Publicado em VEJA São Paulo de 24 de novembro de 2021, edição nº 2765

Continua após a publicidade

Publicidade