Como foi a festa de lançamento do guia VEJA COMER & BEBER de 2019

A edição que premia os melhores da gastronomia ganhou comemoração com 600 convidados, como empresários e chefs

Mais aguardada e mais respeitada publicação de gastronomia da capital, a edição especial VEJA COMER & BEBER foi lançada no último dia 24 com uma grande festa no Jockey Club. Um total de 600 pessoas, entre empresários, chefs e funcionários de estabelecimentos participantes, foi ao restaurante Cena Jockey para descobrir as novidades da 23ª edição do guia anual. Ainda estiveram no evento jornalistas, influenciadores do segmento e celebridades, que souberam, em primeira mão, os nomes dos campeões do mais importante prêmio do setor na capital. A publicação — que pode ser adquirida também na versão para tablet pela Amazon — traz 659 endereços avaliados e estrelados pela equipe de críticos sob o comando do editor sênior Arnaldo Lorençato.

Zeca Camargo, na condução da festa

Zeca Camargo, na condução da festa (Romero Cruz/Veja SP)

A cerimônia, conduzida pelo jornalista Zeca Camargo, da Rede Globo, revelou personagens e endereços vencedores em 41 categorias, divididas nas seções Bom e Barato, Comidinhas, Bares e Restaurantes. Subiram ao palco para entregar as placas aos campeões figuras de prestígio como o novelista Walcyr Carrasco, os atores Nicole Rosemberg, Bruno Fagundes, Kevin Vechiatto, Leandro Luna e Thiago Adorno, os apresentadores Regina Volpato, Edgard Piccoli e Paulinha Carvalho, o bailarino Ismael Ivo, os ex-MasterChef Raul Lemos e Cecilia Padilha, a cantora Drik Barbosa, os artistas visuais Eduardo Kobra e Alexia Hentsch, a jornalista Maria Cândida e a consultora Alexandra Loras, entre outros.

Regina Volpato e Thiago Adorno (na ponta, à dir.): com o time do Antonietta Cucina

Regina Volpato e Thiago Adorno (na ponta, à dir.): com o time do Antonietta Cucina (Romero Cruz/Veja SP)

A chef Paola Carosella, do restaurante Arturito e da rede La Guapa, recebeu o prêmio inédito causa social, por seu trabalho no projeto Cozinha & Voz, de inclusão profissional de pessoas de grupo de risco. Também estavam entre as novidades as categorias estreantes inauguração do ano, para o Gero Panini, vegano, para o Purana.co, mais a volta de padeiro do ano, para Alethea Suedt, de A Padeira, todas em Comidinhas. Entre as novidades de Bares, foram anunciados o melhor churrasco, para o Quintal deBetti, e o chope da casa, para a Dogma, além de agito, que coube ao Periquita & Gin Club. Nos restaurantes, conheceu-se um grego campeão, o Fotiá.

Rogério Fasano: a personalidade gastronômica do ano

Rogério Fasano: a personalidade gastronômica do ano (Romero Cruz/Veja SP)

Tomado pela emoção, o restaurateur Milton Freitas subiu ao palco com a família para buscar a placa do Antonietta Cucina, a trattoria número 1. “Foi o melhor presente de dez anos do restaurante”, disse. “Como é bom ser reconhecida!”, vibrou Viviane Gonçalves, do ChefVivi, a chef do ano, sete anos depois de levar o título de revelação. O publisher da Editora Abril, Fabio Carvalho, anunciou o prato do ano, o cacciucco na moqueca, de Luiz Filipe Souza, do Evvai, estampado na capa da edição. “Tivemos a maior espera da nossa história. Com todos os lugares ocupados, havia mais de cinquenta pessoas na fila”, disse o chef, referindo-se ao último fim de semana.

Fabio Carvalho e Luiz Filipe Souza: prato do ano na capa do Comer & Beber

Fabio Carvalho e Luiz Filipe Souza: prato do ano na capa do Comer & Beber (Romero Cruz/Veja SP)

O COMER & BEBER é conhecido por agitar o mercado, sobretudo nas semanas seguintes ao prêmio. “Tivemos aumento de 15% de público na sexta-feira da publicação, principalmente no almoço”, revelou o restaurateur do ano, Rodolfo De Santis, sobre o premiado Giulietta Fogo & Vino. “Batemos nosso recorde no sábado e no domingo”, comemora Rogerio Betti, do Quintal deBetti.

Viviane Gonçalves;  a chef do ano

Viviane Gonçalves;  a chef do ano (Romero Cruz/Veja SP)

Walcyr Carrasco (no centro): prêmio para o restaurateur do ano, Rodolfo De Santis, na companhia de Iran Costa (terno azul)

Walcyr Carrasco (no centro): prêmio para o restaurateur do ano, Rodolfo De Santis, na companhia de Iran Costa (terno azul) (Romero Cruz/Veja SP)

Nas pontas, Boram Um e Garam Um, do Um Coffee Co.: melhor café da cidade das mãos de Drik Barbosa e Kevin Vechiatto

Nas pontas, Boram Um e Garam Um, do Um Coffee Co.: melhor café da cidade das mãos de Drik Barbosa e Kevin Vechiatto (Romero Cruz/Veja SP)

 

Lorençato e Paola Carosella: a estreia de causa social

Lorençato e Paola Carosella: a estreia de causa social (Romero Cruz/Veja SP)

Veja mais fotos da cerimônia:

 

 

Maquiagem por Isabella Galindo/Daillus.

Publicado em VEJA SÃO PAULO de 06 de novembro de 2019, edição nº 2659.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s