A rota do bolinho de bacalhau

Confira quatro endereços para provar o salgado

Casa Portuguesa. Para ingressar no espaço simples e bem cuidado, é preciso tocar o sinal e esperar que alguém abra o portão. Quando se sentar, peça uma unidade de bolinho de bacalhau (R$ 4,00). Depois, vai bem o pescado cozido com grão-de-bico e batata (R$ 97,00).

Chiado. É um endereço do restaurateur Carlos Bettencourt, do refinado A bela Sintra. Os bolinhos de bacalhau
R$ 29,00, oito unidades) são cremosos por dentro e sequinhos. Ficam ainda melhores com a pimenta da casa. De prato principal, vá de arroz de pato bem caldoso (R$ 72,00).

Presidente. O bolinho de bacalhau (R$ 5,00 a unidade) pode ser seguido durante a semana por uma versão executiva do pescado grelhado (R$ 66,00) — na verdade, ele é frito no azeite até ficar crocante e vem guarnecido de batata corada e brócolis firmes.

Quinta de Santa Maria. No restaurante com jeito de casinha do interior de Portugal não pode faltar o dourado acepipe (R$ 36,00 a porção de seis). O nobre pescado aparece ainda na versão grelhada com brócolis, cebola, pimentão e alho laminado (R$ 219,90, para dois).

Veja também
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s