Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Seu Luiz e dona Idalina, as personalidades gastronômicas do ano

Desde 1970, o casal-símbolo da botecagem paulistana dedica-se ao Bar do Luiz Fernandes, um patrimônio do Mandaqui. E não pretende parar tão cedo

Por Saulo Yassuda Atualizado em 20 jan 2022, 10h03 - Publicado em 21 out 2016, 23h00

A receita parece simples e deu muito certo. Casados há 55 anos, Luiz Fernandes e Idalina Amaro transformaram uma vendinha de secos e molhados da Zona Norte em um dos botecos mais bacanas da cidade (leia mais sobre o Bar do Luiz Fernandes).Gente dos quatro cantos da metrópole e até mesmo alguns gringos de passagem por aqui, quem diria, se dirigem àquela curva da Rua Augusto Tolle para sentar em volta de mesinhas de plástico, tirar selfies com os donos do negócio e devorar os petiscos criados por Idalina.

+ O melhor boteco da cidade

O bolinho de carne moída bem temperada e frita (R$ 5,00), por exemplo, é um dos segredos do sucesso. “Eu saí do nada. Aqui era pequenininho, só nós dois”, recorda seu Luiz. O minúsculo ponto original, de 1970, cresceu, tomando dois imóveis vizinhos, sem nunca deixar o espírito genuíno. Hoje, o filho Luiz Eduardo segura as rédeas do negócio, e a neta, Catarina, que estudou gastronomia, cuida da cozinha.

Ainda assim, o par perfeito do Mandaqui (ele com 79 anos, ela com 77) recusa-se a arredar pé do bar. Presentes praticamente todas as noites, os dois supervisionam tudo e não vão embora até o descer das portas. Pela contribuição à boemia de São Paulo, seu Luiz e dona Idalina recebem o título de personalidade gastronômica do ano.

Continua após a publicidade

  • Leia mais
    Publicidade