Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Restaurantes “rebolam” para funcionar após restrições do governo

Com o aperto da quarentena, os estabelecimentos não podem operar após as 20h de segunda a sexta e aos fins de semana

Por Saulo Yassuda Atualizado em 20 jan 2022, 09h08 - Publicado em 29 jan 2021, 20h14

Para diminuir o número de casos de Covid-19, uma série de medidas impostas pelo governo do estado mudou a rotina dos restaurantes da cidade. Até pelo menos 7 de fevereiro, está em vigor a Fase Vermelha do Plano São Paulo, aos fins de semana e a partir das 20h de segunda a sexta, quando estabelecimentos gastronômicos devem permanecer de portas fechadas

Os jantares, que muitas vezes começavam às 19h ou 20h agora precisam ser realizados mais precocemente. Não à toda, alguns endereços têm oferecidos estímulos para o público aparecer mais cedo (veja abaixo). Por outro lado, teve casas que decidiram pausar toda a operação presencial e focar só no delivery durante essa fase mais restritiva. Conheça alguns casos abaixo.

Ae! Cozinha
Ae! Cozinha: menu de jantar no almoço Clayton Vieira/Veja SP

Ae! Cozinha > O restaurante de culinária autoral, que levou o prêmio de melhor bom e barato do COMER & BEBER, agora disponibiliza o cardápio do jantar durante o almoço. Antes, os menus eram distintos. O delivery continua.

Ema > O restaurante de cozinha moderna da chef Renata Vanzetto passou a servir almoço executivo de terça a sexta.

Continua após a publicidade

Jiquitaia > O melhor brasileiro da cidade funciona presencialmente de terça a sexta no almoço durante o período. Apenas às sextas, entre 17h e 20h, serve um cardápio especial de happy hour com batidinhas, além de outros drinques e petiscos. Segue com delivery.

a batida de coquinho azedo
Jiquitaia: happy hour às sextas, com a batida de coquinho azedo Clayton Vieira/Veja SP

Mocotó > A casa de cozinha brasileira de Rodrigo Oliveira não abrirá mais o salão no jantar pelo menos até o dia 7. Pedidas como os dadinhos de tapioca são solicitadas presencialmente apenas no almoço de segunda a sexta. Já por delivery, o período é maior.

Piselli > Juscelino Pereira anunciou o “jantar ao pôr do sol”. Quem pedir um drinque a partir das 17h ganhará um petisco. E, ao solicitar um prato, a primeira taça de vinho sai na faixa. Delivery pelo iFood.

Speranza > A tradicional pizzaria, com unidades na Bela Vista e em Moema, anunciou que vai operar só por delivery e retiradas até o dia 7. Os salões se encontram fechados.

Tasca da Esquina > O melhor português da cidade pela mais recente edição COMER & BEBER oferece uma minidegustação de sobremesas aos que chegarem para jantar até às 19h em dias de semana. Trabalham também com retiradas.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês