Imagem Blog

Val Marchiori - Hello! Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Blog
O dia a dia da socialite mais comentada do momento
Continua após publicidade

Quero uma filha perua para passar meus conhecimentos. Mas antes de tudo quero que ela seja feliz

Hello, meus amores, tudo bem? Antes de tudo, queria agradecer as palavras de carinho que recebi de vocês, pela perda do meu querido Dudinha. Foi um momento muito difícil, muito triste e vocês souberam me consolar! É tão bom saber que posso contar com vocês em todas as horas. People, agora vou ter que voltar […]

Por Val Marchiori
Atualizado em 26 fev 2017, 22h49 - Publicado em 5 fev 2014, 17h57
dsc3070

Odeio gente preconceituosa (Foto: Arquivo Pessoal)

Hello, meus amores, tudo bem?

Antes de tudo, queria agradecer as palavras de carinho que recebi de vocês, pela perda do meu querido Dudinha. Foi um momento muito difícil, muito triste e vocês souberam me consolar! É tão bom saber que posso contar com vocês em todas as horas.

People, agora vou ter que voltar a um assunto chatinho. É sobre a minha entrevista para o TV Fama, que foi ao ar nesta segunda-feira. Eu já falei sobre isso, mas como muitas pessoas me mandaram mensagem, resolvi escrever de novo! Vamos lá. Mais uma vez: não tenho nada contra gays ou pessoas gordas. Posso dar minhas alfinetadas por aí, mas desta vez fui mal compreendida.

+ Blog Pop: as novidades da TV e da internet

Continua após a publicidade

Como eu disse, a repórter perguntou sobre a possibilidade de eu ter mais um filho com meu marido e eu disse que o Evaldo gostaria de ter uma menina. Mas brinquei que tinha medo de que ela não fosse perua como eu. E citei o exemplo da filha da Cher, que teve uma filha nada perua. Depois ela até se declarou lésbica e nunca se importou com  fato de ser gorda!

Mas falei totalmente na brincadeira! Nunca diria que não aceitaria ter uma filha sapatão ou gorda! Aqui, nesse blog, eu já fui ameaçada de morte por defender os direitos dos homossexuais, por defender o que eu achava que era certo! Quando muitas pessoas disseram que era um absurdo um time de futebol ter uma torcida gay, eu, como palmeirense, disse que tinha que ter a “Mancha Rosa”! Há duas semanas, disse que tinha que ter o beijo gay na novela e também fui criticada por alguns!

+ Tudo sobre o mundo dos ricos e famosos no Terraço Paulistano

Dessa vez, as pessoas entenderam que sou contra gays e gordos. Eu já sofri tanto preconceito nessa vida que odeio pessoas preconceituosas. Eu não gosto de ter uns quilos, mas não quer dizer que não goste de gordos!!! Peço desculpas se fui deselegante em dizer um termo como “sapatão”, mas falei totalmente na inocência, do meu jeitinho, de uma menina do interior! Vocês sabem como eu sou bocudinha!

Continua após a publicidade

Ter um filha perua é apenas um desejo! Assim como tantos pais médicos desejam que seus filhos sigam a mesma carreira. Além disso, tenho dois meninos, que sempre gostaram mais de brincar, jogar bola, pular, correr de um lado para o outro! Se for para ter mais um filho, aos 40 anos, que seja uma menina, vaidosa, a quem eu possa ensinar meus conhecimentos de moda! Não seria muito mais fácil? KKKK!!!

E posso falar? Tenho certeza de que não existe uma única mãe no mundo que ficaria totalmente tranquila em ter um filho gordo, feio, homossexual… E sabe por quê? Porque queremos que nossos filhos sejam felizes e que não sofram as maldades da sociedade. Maldades que eu já senti na pele ou já vi amigos meus sentirem. Mas o que que quero mesmo é ter uma filha com muita saúde e esbanjando alegria de viver! E que ela aprenda a usar melhor as palavras para não ter mal interpretada como sua mãe é várias vezes!

Que nunca nos falte o supérfluo,

Beijos com carinho,

Continua após a publicidade

Val

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.