Imagem Blog

Tudo Sobre Cinema

Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Continua após publicidade

Por que a Netflix foi a maior derrotada no Globo de Ouro 2020

A gigante do streaming conquistou 34 indicações, mas saiu de mãos quase vazias

Por Miguel Barbieri Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 6 jan 2020, 13h43 - Publicado em 6 jan 2020, 13h40

No ano passado, a Netflix tinha um grande trunfo no Globo de Ouro. Era Roma, que teve três indicações e ficou com os prêmios de melhor filme estrangeiro e melhor direção, para o mexicano Alfonso Cuarón.

Em 2020, a Netflix chegou para arrasar no Globo de Ouro. Só que saiu da cerimônia como a maior perdedora da noite. Vejamos. Na categoria de cinema, a gigante do streaming pegou dezessete indicações. Seus quatro filmes pegaram, entre outras, indicações a melhor filme/drama (O Irlandês, História de um Casamento e Dois Papas) e melhor comédia/musical (Meu Nome É Dolemite).

Os artistas também estavam bem cotados, como Adam Driver e Scarlett Johansson (História de uma Casamento), Al Pacino e Joe Pesci (O Irlandês) e Eddie Murphy (Meu Nome É Dolemite). Das dezessete indicações em cinema, a Netflix só garantiu um troféu: melhor atriz coadjuvante, para Laura Dern, que faz a advogada da protagonista de História de um Casamento.

EM TV, não foi muito diferente. A Netflix também conquistou dezessete indicações, incluindo melhor série de drama (The Crown), série de comédia (O Método Kominsky e The Politician) e minissérie (Inacreditável). Quantos prêmios conquistou? Apena um – o de melhor atriz de série dramática para Olivia Colman (The Crown).

Continua após a publicidade

Ou seja: das 34 indicações, a Netflix saiu com apenas dois troféus. Outras produtoras de conteúdos para TV se saíram até melhor, caso da Amazon (Fleabag, com dois prêmios) e HBO (com Sucession e Chernobyl, com quatro prêmios no total).

Quer me seguir nas redes sociais? Anote: 

Facebook: facebook.com/paginadoblogdomiguel
Twitter: @miguelbarbieri
Instagram: miguelbarbieri
YouTube: Miguel Barbieri Jr. 

 

 

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.