Imagem Blog

Tudo Sobre Cinema

Continua após publicidade

James Franco em entrevista: “Lamento não ser gay”

Capa deste mês da revista gay francesa Têtu, James Franco fez uma declaração bombástica. “Eu sou gay? Não. E isso é um dos arrependimentos da minha vida”, disse o astro americano, entre risos, no início da entrevista. Não é de hoje que a mídia questiona a sexualidade de James Franco, que até já postou no […]

Por Miguel Barbieri Jr.
Atualizado em 27 fev 2017, 00h19 - Publicado em 12 nov 2013, 18h33

tetu-james-franco

Capa deste mês da revista gay francesa Têtu, James Franco fez uma declaração bombástica. “Eu sou gay? Não. E isso é um dos arrependimentos da minha vida”, disse o astro americano, entre risos, no início da entrevista.

James-FrancoNão é de hoje que a mídia questiona a sexualidade de James Franco, que até já postou no Instagram fotos dele com um suposto namorado. O cara, na verdade, gosta mesmo é de deixar no ar se prefere homens ou mulheres (ou ambos). Mas, para explicar sua escolha pelo sexo feminino, Franco deu continuidade ao assunto no depoimento à Têtu. “Tem coisas que eu não tenho controle sobre a minha imagem. Se eu pensar bem, isso não é de hoje. No colégio, eu era achacado pelos brutamontes que me chamavam de “mariquinha”. É por isso que, por ser hétero, eu tenha um profundo conhecimento do que é a homofobia desde pequeno”.

James Franco interpreta um homossexual em Milk

James Franco interpreta um homossexual em Milk

Continua após a publicidade

 

Franco ainda continuou dizendo que lamenta que as pessoas confundam sua vida pessoal com os personagens que faz. Em Milk, Franco foi namorado do personagem-título, interpretado por Sean Penn, o ativista Harvey Milk. Ele considera o filme “uma das experiências mais importantes da minha vida”. “É um filme crucial pelos direitos dos homossexuais, para a cultura gay e pela memória de Harvey Milk”. Como é frequentemente associado à comunidade gay, Franco é favor do casamento entre as pessoas do mesmo sexo. “A ideia de discriminação me deixa louco. Tem algo de sublime em viver fora das regras”.

James Franco nas filmagens de Interior. Leather Bar.

James Franco nas filmagens de Interior. Leather Bar.

Continua após a publicidade

 

Embora seja um astro de Hollywood e tenha estrelado superproduções como Planeta dos Macacos – A Origem, 127 Horas e Oz – Mágico e Poderoso, Franco ousou bastante e usou cenas de sexo explícito entre homens em Interior. Leather Bar., misto de documentário e ficção, dirigido por ele e recém-exibido no Festival Mix Brasil.

Leia também: Tem sexo explícito no filme de James Franco

Gostou deste post? Então clique aqui e curta a minha página do blog no Facebook e tenha mais informações sobre cinema

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.