Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Humberto Abdo (Maria Carolina Matheus da Silva) Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Marcelo de Carvalho: “Rafinha é pinto perto do ‘Pânico’”

A guerra que o “Pânico” e a Rede TV! travam na Justiça se repetirá na TV. No domingo (27), estreia o “Saturday Night Live” (SNL), sob o comando do humorista Rafinha Bastos. O programa tem a missão de roubar espectadores da turma de Emílio Surita que se mudou para a Band. Marcelo de Carvalho, vice-presidente […]

Por Ricky Hiraoka Atualizado em 27 fev 2017, 12h27 - Publicado em 26 Maio 2012, 00h52
Marcelo Carvalho: novo capítulo na briga (Foto: Divulgação)

Marcelo Carvalho: novo capítulo na briga (Foto: Divulgação)

A guerra que o “Pânico” e a Rede TV! travam na Justiça se repetirá na TV. No domingo (27), estreia o “Saturday Night Live” (SNL), sob o comando do humorista Rafinha Bastos. O programa tem a missão de roubar espectadores da turma de Emílio Surita que se mudou para a Band. Marcelo de Carvalho, vice-presidente da RedeTV!, comenta a briga.

+ Rafinha Bastos, o novo rei da baixaria

+ RedeTV!: sem motivo para pânico

VEJA SÃO PAULO — Pelo histórico de Rafinha, não ficou com medo de contratá-lo?
Marcelo Carvalho — Não. Aposto que ele tem menos processos que o “Pânico”. Tínhamos um advogado só para cuidar deles. Toda segunda chegava um caso novo. Rafinha é pinto perto do “Pânico”.

VEJA SÃO PAULO — Qual a diferença entre as duas atrações? 
Marcelo Carvalho — O humor do “SNL” é bacana. Não queriam mais anunciar no “Pânico” por causa da baixaria. Rafinha tem seis patrocinadores. O “Pânico” tinha dois.

VEJA SÃO PAULO — Ficou mágoa?
Marcelo Carvalho — Tudo bem eles terem mudado de canal, mas não precisa sair falando mal. Tutinha (diretor da Jovem Pan FM) e Emílio encheram o bolso aqui. Os dois sempre quiseram que o elenco ganhasse menos do que podíamos pagar para ficar com o dinheiro só para eles. Cuspiram no prato que comeram. E o público acha isso também.

VEJA SÃO PAULO — Dudu Surita, filho de Emílio, perdeu o programa que ele tinha na sua emissora para a banda Restart. Foi vingança? 
Marcelo Carvalho — Foi uma decisão mercadológica. O Restart atrai mais anunciantes e público. Não demitimos o Dudu. Ele até participou do meu programa…

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)