Imagem Blog

Terraço Paulistano

Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.
Continua após publicidade

Marca Lilly Sarti decide banir uso de pele de animais em coleções

A italiana Gucci tomou a mesma decisão na semana passada

Por João Batista Jr. Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 20 out 2017, 06h00 - Publicado em 20 out 2017, 06h00

Na semana passada, a italiana Gucci decidiu banir o uso de pele de animais em suas coleções. Aqui no Brasil, a marca paulistana Lilly Sarti havia tomado a mesma decisão meses antes. Cortaram chinchila, mink, raposa e ovelha de suas matérias-primas. “O processo de extração é dolorido para o animal, não há lógica em fazer mais isso”, diz Lilly, sócia na grife ao lado da irmã, Renata. As duas aderiram recentemente à meditação, técnica que acreditam ter ajudado na decisão. “Trata-se de uma evolução pessoal, estamos mais leves”, acredita Renata.

As irmãs Lilly e Renata Sarti: em prol dos animais (Leo Martins/Veja SP)

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.