Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Humberto Abdo (Maria Carolina Matheus da Silva) Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Eduardo Suplicy faz discurso com pouco fogo e paixão

Para homenagear o cantor Wando, que morreu na última quarta, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) resolveu — no seu costumeiro ritmo nana neném — recitar em plenário versos de “Fogo e Paixão” e “Moça”, dois dos maiores sucessos do artista, em um pronunciamento que durou três minutos. VEJA SÃO PAULO — Por que declamou as […]

Por Ricky Hiraoka Atualizado em 27 fev 2017, 12h42 - Publicado em 10 fev 2012, 22h12

Suplicy faz homenagem ao cantor Wando: “Não podia me omitir nesta hora de dor dos brasileiros”

Para homenagear o cantor Wando, que morreu na última quarta, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) resolveu — no seu costumeiro ritmo nana neném — recitar em plenário versos de “Fogo e Paixão” e “Moça”, dois dos maiores sucessos do artista, em um pronunciamento que durou três minutos.

VEJA SÃO PAULO — Por que declamou as músicas do Wando numa sessão do Senado?
Eduardo Suplicy — Como senador, uma de minhas funções é expressar os sentimentos do povo. Não podia me omitir nesta hora de dor dos brasileiros. É normal que um senador faça isso. O Wando era muito querido.

VEJA SÃO PAULO O senhor não pensou em cantá-las em vez de recitá-las?
Eduardo Suplicy — Se soubesse a letra de cor, teria cantado todas.

VEJA SÃO PAULO Chegou a ir a algum show dele?
Eduardo Suplicy — Eu o vi cantando nas Diretas Já. Era um talento que hipnotizava multidões.

VEJA SÃO PAULO Qual era sua canção preferida?
Eduardo Suplicy — Esta frase “Eu quero me enrolar nos teus cabelos” (verso de “Moça”) é uma coisa! Ele expressava o amor de maneira bonita.

VEJA SÃO PAULO O senhor já namorou ao som de Wando?
Eduardo Suplicy — É bem possível! (risos). Mas não saberia afirmar isso agora.

VEJA SÃO PAULO – E que tal ele ter colecionado calcinhas?
Eduardo Suplicy — Uma amiga me contou isso hoje. Era um direito dele.

VEJA SÃO PAULO Curioso, senador: estamos conversando há vinte minutos e o senhor não falou do Renda Mínima…
Eduardo Suplicy — Eu ainda não falei? Se quiser, explico tudo. Foi votado em 2002, aprovado em 2003…

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)