Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Humberto Abdo (Maria Carolina Matheus da Silva) Terraço Paulistano Notas exclusivas sobre artistas, políticos, atletas, modelos, empresários e pessoas de outras áreas que são destaque na cidade. Por Humberto Abdo.

Bruna Surfistinha agora é vendedora em domicílio

Há oito anos, Raquel Pacheco, a Bruna Surfistinha, se casou e deixou a profissão de garota de programa. Escreveu um livro, participou de programas de televisão, ganhou um filme inspirado na sua história e terá um seriado na Fox com o mesmo propósito. Recentemente, iniciou uma nova atividade: se tornou vendedora de produtos eróticos. Seu diferencial é atender […]

Por Juliene Moretti Atualizado em 27 fev 2017, 00h17 - Publicado em 10 set 2013, 15h46
bruna surfistinha ganha versão em série para a FOX

Raquel Pacheco: escritora, DJ e vendedora de artigos eróticos (foto: Eduardo Moraes)

Há oito anos, Raquel Pacheco, a Bruna Surfistinha, se casou e deixou a profissão de garota de programa. Escreveu um livro, participou de programas de televisão, ganhou um filme inspirado na sua história e terá um seriado na Fox com o mesmo propósito. Recentemente, iniciou uma nova atividade: se tornou vendedora de produtos eróticos. Seu diferencial é atender a clientela (composta apenas de mulheres) em domicílio. “Hoje ganho muito mais do que ganhava como prostituta”, diz ela, que falou ao blog.

O que a série da Fox traz de diferente do filme Bruna Surfistinha?  A produção da série ainda está bem no começo. Fizemos apenas uma reunião para saber se eu aprovava a ideia ou não. Acredito que vai ter outras histórias, além das do filme. Devemos ter mais detalhes do projeto em breve. Eu gostaria muito de participar mais da produção, ficar mais nos bastidores. Não pude estar tão perto durante as filmagens do longa. Dessa vez, queria estar mais presente.

Você já tem ideia de quem a interpretaria? Não, nem os produtores. E também não consigo pensar em quem poderia fazer. Eu sei que não tenho muito direito a veto. Quando escolheram a Deborah Secco para o filme, eu fiquei sabendo bem depois. Não me consultaram, nem nada. Mas assim como confiei na produção do filme, também confio na produção do canal. Acredito que vão ter bom gosto.

Hoje, como você ganha dinheiro? Recebo direitos autorais pelo livro. Há dois anos me apresento como DJ em festas fechadas e algumas abertas fora de São Paulo. Tenho a intenção de ter uma festa minha em alguma casa por aqui. Toco electro house. Também sou contratada para eventos. Tenho ganhando mais dinheiro agora do que na época em que eu era garota de programa, definitivamente. Estou com outro projeto também, que é uma espécie de chá de lingerie onde eu vendo produtos eróticos. Está no começo, não tem nome ainda, mas tenho feito bastante.

Como funciona?  Reúno no máximo quinze mulheres para vender produtos eróticos. Só é permitida a entrada de mulheres e elas aproveitam para tirar dúvidas sexuais. Compro os produtos de distribuidores e mostro como funciona. Testo também com o meu marido, assim consigo explicar com bem mais propriedade. Normalmente são mulheres casadas ou em longos relacionamentos e querem sair da rotina. Elas me questionam bastante sobre a minha vida como garota de programa. Tem perguntas que eu sei que elas não fazem nem para o terapeuta. Comigo, ficam à vontade. Eu ganho apenas em cima da venda dos produtos. Não cobro para tirar as dúvidas. Tenho ainda um projeto para lançar uma linha de produtos eróticos, mas preciso achar um parceiro.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês