Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Youtuber, Gretchen arrasa no francês e desabafa sobre preconceito em vídeo: “dizem que sou a mamãe Dino”

Gretchen, a eterna Rainha do Bumbum, agora é youtuber. Desde o mês passado, a cantora tem se dedicado a um canal no YouTube onde faz (engraçadíssimos) desabafos e conversa com seguidores sobre sua vida pessoal. + Adolescente surpreende ao acordar de coma falando outro idioma fluentemente + Homem pede o divórcio 2 horas após o casamento e […]

Por VEJA SP Atualizado em 25 fev 2017, 21h24 - Publicado em 3 nov 2016, 17h37

gretchen-1

Gretchen, a eterna Rainha do Bumbum, agora é youtuber. Desde o mês passado, a cantora tem se dedicado a um canal no YouTube onde faz (engraçadíssimos) desabafos e conversa com seguidores sobre sua vida pessoal.

+ Adolescente surpreende ao acordar de coma falando outro idioma fluentemente
+ Homem pede o divórcio 2 horas após o casamento e motivação chama a atenção

Longe dos palcos e morando na França há três anos, ela relembrou nesta quinta (3) as dificuldades na carreira artística es apelidos maldosos que recebeu. “Se teve uma pessoa que sofreu bullying do Brasil inteiro sou eu”, disse. “Desde novinha sempre acreditei em mim, então o que as pessoas falavam não me incomodava.”

“Ah, sua gorda, ah, sua boca de dinossauro… sua boca de Coringa, que é isso que todo mundo fala de mim… que eu sou a Mamãe Dino… Vocês acham que eu ligo? Enquanto eles pensam que eu estou me incomodando, a vida e o bullying que as próprias pessoas fizeram comigo, me ensinaram a ter forças para superar tudo isso. E hoje, não me incomodam mais.

Em outro momento, ela atendeu o telefone e mostrou aos fãs que já está dominando a língua local. “Eu gastei o meu francês e vocês viram que não é de mentira”, brincou.

Continua após a publicidade

Assista:
[youtube https://www.youtube.com/watch?v=wte6jit85Bo?start=600&feature=oembed&w=500&h=375%5D

Gretchen vive na cidade de Roquebrune-Cap-Martin com o marido, o português Carlos Marques, que trabalha na construção civil. Segundo ela, sua vida na Europa não poderia estar mais longe da rotina de celebridade no Brasil.  Recentemente, ela contou que está procurando emprego no novo país e até foi a uma entrevista em uma agência de empregos.

“Sempre eu tive que trabalhar, pra sustentar meus filhos, meus empregados, tudo. Agora, eu quero me dar o direito de poder estar em casa, fazer minha comidinha, cuidar da minha casinha. Adoro passar roupa e morro de ciúmes que cuidem da roupa do meu marido.”

Em outro vídeo, ela rebateu fãs que a criticaram por não ter faxineira nem empregada na nova casa. “Aqui na Europa é muito feito ter empregada, não existe essa diferença de classes. Porque aqui essa pessoa que faz faxina, que trabalha por hora, ela tem um carro bom, viaja. Que coisa feia, que preconceito bobo. É uma discriminação com as donas de casa.

Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)