Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Crianças usam carros de brinquedo para “dirigir” até cirurgia em hospital

"Pode ser traumático para um jovem paciente ser afastado dos pais quando precisam ir para cirurgia, então essa novidade realmente ajuda todo mundo"

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 17 abr 2019, 18h24 - Publicado em 17 abr 2019, 17h36

Enfrentar uma cirurgia pode ser muito estressante e assustador… especialmente para crianças. Os pequenos pacientes podem não entender porque estão sendo separados de seus pais, ou porque estão sendo colocados numa sala com muitas luzes e odores estranhos. Não à toa, a equipe dos hospitais faz o possível para deixar a garotada o mais confortável possível — e um hospital encontrou uma solução pra lá de inusitada e divertida para a situação. 

Os funcionários do Doctors Medical Center em Modesto, na Califórnia, Estados Unidos, deixam seu pequenos pacientes mais vulneráveis dirigir um carro de brinquedo até a sala de cirurgia. Os automóveis são feitos para crianças de 2 a 7 anos de idade e ajudam a relaxar não só os pacientes, mas também os médicos responsáveis pelos procedimentos e os familiares da garotada, que acompanham tudo de pertinho. É possível escolher entre modelos variados, como um VW Beetle cor-de-rosa e também um Mercedes preto.

Os carros podem ser dirigidos pelas crianças ou operados com a ajuda de controle remoto e contam com faróis funcionais e até luzes de ré. Os modelos também têm um rádios de brinquedo, permitindo que o paciente mirim possa escolher sua música favorita a caminho da cirurgia. “Quando as crianças descobrem que elas podem ir até a sala de cirurgia em um carrinho bacana, elas ficam cheios de alegria, o medo delas derrete”, explicou a enfermeira Kimberly Martinez. É da funcionária a ideia de ter os pequenos veículos circulando pelos corredores do hospital. “Além disso, nós vemos que os pais ficam mais tranquilos ao ver que seus filhos estão relaxados”. Assista: 

Continua após a publicidade

“Pode ser traumático para um jovem paciente ser afastado dos pais quando precisam ir para cirurgia, então essa novidade realmente ajuda todo mundo”, explicou a enfermeira. As informações são do Bored Panda.

Dê sua opinião: E você, o que achou da iniciativa? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook!

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.