Imagem Blog

Pop! Pop! Pop!

Por Blog Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Galvão Bueno vira apresentador do Brasil Urgente ao narrar confusão com Argentina

Agentes da Anvisa invadiram o campo para impedir atuação de jogadores argentinos que não cumpriram isolamento sanitário; abordagem do narrador rendeu memes

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 5 set 2021, 17h58 - Publicado em 5 set 2021, 17h53

O duelo entre Brasil e Argentina deste domingo (5) pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo, na Neo Química, foi suspenso. Com apenas sete minutos de partida disputada, agentes da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) entraram no gramado e interromperam o duelo. Uma confusão generalizada tomou conta do gramado. As informações são da Folha.

Horas antes do jogo, a Anvisa confirmou que quatro atletas argentinos descumpriram regras de quarentena contra a Covid-19 para pessoas oriundas da Inglaterra. Eles haviam dado informações falsas, omitindo que estiveram em terras inglesas. Em nota divulgada neste domingo (5), o órgão disse que acionou a Polícia Federal e que os argentinos deveriam ser imediatamente isolados.

Não foi o que aconteceu e os argentinos entraram em campo.

“O futebol não pode ser um mundo à parte do resto dos cidadãos do mundo. Não se pode dar o direito de querer burlar a lei, da Conmebol ou do próprio governo brasileiro. Basta, chega, o futebol não pode aceitar ‘jeitinhos’”, criticou o narrador Galvão Bueno em transmissão ao vivo na Globo, que não poupou nenhuma entidade envolvida no episódio.

“É uma vergonha mundial… Nós estamos apresentando uma vergonha pro mundo inteiro. A argentina não podia entrar com jogadores que não cumpriram a lei. Por que a CBF mediou isso? Quem do governo brasileiro deu essa autorização?”, seguiu o narrador.

Continua após a publicidade

O nome do apresentador chegou aos assuntos mais comentados do Twitter, assim como “vergonha mundial”, termo utilizado por Galvão Bueno. Confira as reações:

Continua após a publicidade

 

+Assine a Vejinha a partir de 8,90.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.