Imagem Blog

Pop! Pop! Pop! Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Blog
Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais
Continua após publicidade

Filho de Gal Costa diz que cantora e Wilma Petrillo eram só amigas

Gabriel Costa deu entrevista falando que sua mãe não teve um relacionamento com a empresária, apesar das duas terem morado juntas por 20 anos

Por Redação VEJA São Paulo Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 31 mar 2024, 19h38 - Publicado em 31 mar 2024, 19h35

O único filho de Gal Costa, Gabriel, 18, disse que sua mãe não teve um relacionamento com a empresária Wilma Petrillo, 72. Segundo ele, as duas eram apenas amigas, mesmo tendo morando na mesma casa por mais de 20 anos.

O depoimento foi dado em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, que vai ao ar neste domingo (31). A emissora divulgou um trecho da fala nas redes sociais no sábado (30). “Ela virou empresária da minha mãe, realmente. Elas começaram a morar juntas mas sem nenhum tipo de relacionamento além da amizade e trabalho”, afirma Gabriel Costa.

Também em entrevista ao programa, Wilma rebateu a acusação: “Não pode dizer que não seja um casal, a cumplicidade que nós tínhamos era muito grande, o amor maior ainda, eu sei que Gal me amava muito”.

A herança da cantora, que morreu em novembro de 2022, vem sendo motivo de disputa. Wilma pede o reconhecimento da Justiça pela união estável. No ano passado, a empresária foi nomeada inventariante e Gabriel ficou sob sua guarda temporária, pois ainda era menor de idade. Ao atingir os 18 anos, ele reivindicou o direito aos bens e contestou a fração pretendida por Wilma. O processo corre em segredo de justiça no TJ-SP.

Continua após a publicidade

+ Monja Coen fala sobre tratamento contra câncer de pele

Gabriel também pede a exumação do corpo da mãe, para levar os restos mortais de São Paulo ao Rio de Janeiro. Em depoimento, sua advogada, Luci Vieira Nunes, negou que o intuito seja investigar a morte, mas o jovem falou ao programa que “quer ter certeza da causa, porque foi tudo muito repentino”.

Wilma também respondeu: “Eu não sei do que ele está desconfiando, se ele acha que eu matei a mãe dele”.

Continua após a publicidade

Compartilhe essa matéria via:
Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.