Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Confusão de sotaques irrita público e vira assunto na estreia de “I Love Paraisópolis”

Recriar uma das maiores favelas de São Paulo é um dos grandes desafios da novela I Love Paraisópolis, nova atração do horário das 19h na Globo. Mas um problema se mostrou mais gritante na estreia do folhetim, na segunda (11): a confusão de sotaques provocou ruídos entre os atores e irritação nas redes sociais. + […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 16h40 - Publicado em 12 Maio 2015, 11h40

ilove1

Recriar uma das maiores favelas de São Paulo é um dos grandes desafios da novela I Love Paraisópolis, nova atração do horário das 19h na Globo. Mas um problema se mostrou mais gritante na estreia do folhetim, na segunda (11): a confusão de sotaques provocou ruídos entre os atores e irritação nas redes sociais.

+ O que acontece quando você usa 50 bombas de Sal de Banho ao mesmo tempo?
+ Nova pegadinha do Silvio Santos assusta pedestres com personagens de Star Wars

Astros cariocas com sotaque paulista? O resultado oscilou entre o risível e o mediano. Logo na introdução da novela, que mostra as personagens de Bruna Marquezine e Tatá Werneck em Nova York, a narração feita por Bruna parecia arriscar um carioquês apaulistanado – ou vice-versa. A atriz começou puxando o “r” à maneira carioca e, em seguida, tentou uma versão um pouco mais italianada do sotaque. Não deu muito certo.

+ Após perder 70 quilos, mulher registra “antes e depois” em retratos divertidos
+ Passos de dança de senhores de meia idade surpreendem jurados de reality

Pouco depois, Letícia Spiller também soou artificial e a própria Tatá parecia perdida – essa optou (com sabedoria) para uma maneira mais neutra de falar, sem descambar na caricatura. Enquanto o Caio Castro, nascido em Praia Grande (SP), nadava de braçadas interpretando um malandro cheio de ginga paulista, outros atores deixavam a impressão de despreparo: Alexandre Borges, por exemplo, optou por um sotaque entre o carioca e o interior paulista. Por que não padronizar a fala na trama? Eis a questão que incomodou a web. Assista a um clipe com cenas:

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=dwelAFdvs3A?feature=oembed&w=500&h=281%5D

A seguir, confira os comentários negativos que circularam na rede durante a exibição do capítulo:

Gostou do primeiro capítulo da novela? Os sotaques incomodaram? Ou não? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês