Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Após tentativa de estupro, esta garota escreveu uma carta aberta emocionante para o seu agressor

Uma história trágica que acabou revelando o melhor das pessoas: Ione Wells, uma estudante de 20 anos da Universidade de Oxford, voltava para casa tranquilamente quando foi atacada — o agressor seguiu a universitária até uma rua após ela sair do metrô, puxando seu cabelo, batendo sua cabeça na calçada e rasgando seu sutiã. Vizinhos e […]

Por Tatiane Rosset Atualizado em 26 fev 2017, 16h53 - Publicado em 29 abr 2015, 13h48

ABRE01

Uma história trágica que acabou revelando o melhor das pessoas: Ione Wells, uma estudante de 20 anos da Universidade de Oxford, voltava para casa tranquilamente quando foi atacada — o agressor seguiu a universitária até uma rua após ela sair do metrô, puxando seu cabelo, batendo sua cabeça na calçada e rasgando seu sutiã. Vizinhos e familiares interromperam a tentativa de estupro após ouvirem os gritos de socorro da jovem.

+ Mulher usa fotos poderosas para empoderar todos tipos os corpos
+ Esta garotinha de 8 anos provavelmente bateria horrores em você

Depois do trauma, Ione não esmoreceu: usou a experiência traumática para lançar uma campanha com o objetivo de ressaltar que, em casos como o que ocorreu com ela, a culpa não é da vítima. Além disso, pediu o apoio das comunidades para prevenir novos ataques. E como ela fez isso? Escrevendo uma carta aberta ao seu agressor.

Minha comunidade não irá se sentir insegura andando para casa de noite. Iremos pegar o último trem para casa, andar sozinhos pela rua, porque nós não vamos nos submeter à ideia de que estamos no colocando em perigo ao fazê-lo“, ela escreveu.

A carta continua: “Nós nos manteremos juntos, como um exército, quando qualquer membro da nossa comunidade for ameaçado. Essa é uma batalha que você não irá ganhar. Você subestimou a minha comunidade. Ou eu devo dizer a sua? Eu poderia dizer algo como ‘imagine se fosse com uma pessoa da sua comunidade’ mas deixe-me dizer isso: não há fronteiras para a comunidade, apenas exceções. E você é uma delas“, ela conclui.

Continua após a publicidade

+ Este vídeo irá te inspirar a fazer algo por alguém sem esperar nada em troca

Iona dedicou a mensagem a “todas as vítimas de ataques sexuais e aos membros de suas comunidades”. O homem que a atacou, um jovem de 17 anos, foi detido pela polícia e será julgado no dia 6 de maio.

O relato da garota ajudou diversas pessoas a compartilharem suas próprias experiencias. Em sua conta no Twitter, Ione compartilhou uma mensagem de agradecimento: “Uau, que comunidade fantástica. Vocês provaram que os meus argumentos sobre comunidade com o seu apoio. Obrigada. Vamos fazer isso! #nãosouculpada“.

Dê sua opinião: O que você achou da inspiradora história de Iona? E a sua reação frente a uma situação tão traumática? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês