Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Após tempestade, padaria de Porto Alegre faz pedido polêmico e enfurece internautas

Depois de temporal que atingiu a cidade de Porto Alegre e deixou milhares de pessoas sem energia elétrica desde quinta (28), uma padaria de uma região nobre da cidade enfureceu internautas ao cobrar uma solução mais rápida para o problema. O tom da reclamação irritou muitos internautas e provocou uma onda de críticas ao lugar. + Alessandra Negrini rouba a cena […]

Por VEJA SP Atualizado em 26 fev 2017, 13h20 - Publicado em 1 fev 2016, 12h10

pada

Depois de temporal que atingiu a cidade de Porto Alegre e deixou milhares de pessoas sem energia elétrica desde quinta (28), uma padaria de uma região nobre da cidade enfureceu internautas ao cobrar uma solução mais rápida para o problema. O tom da reclamação irritou muitos internautas e provocou uma onda de críticas ao lugar.

+ Alessandra Negrini rouba a cena em bloco de carnaval com fantasia ousada

Na noite de domingo (31), a Barbarella Bakery usou o Facebook para comunicar aos clientes que estava operando com um gerador. O estabelecimento fica no bairro Moinhos de Vento, um dos mais nobres da capital gaúcha.

Estamos abertos (às custas do gerador ????) com pão quentinho!PS: Padre Chagas e imediações há 36 horas sem luz. Que tipo de administração negligência um bairro que gera tanta renda e recurso ao governo ?

Publicado por Barbarella Bakery em Domingo, 31 de janeiro de 2016

Em poucas horas, a publicação alcançou mais de 1 mil compartilhamentos e quase 2 mil comentários. “Enviem imediatamente todas as equipes que estão trabalhando pelo restabelecimento de energia em hospitais e afins imediatamente para lá”, ironizou um seguidor. “Hahahahaha esqueçam os hospitais! A Padre Chagas tem prioridade porque vende pão quentinho e ‘gera renda pro governo’… Que post infeliz!“, emendou outro.

Alguns internautas saíram em defesa da padaria: “Tens todo o direito de te manisfestar. Aliás, impostos são altíssimos e tens que reclamar. Idiotas são esses aí, que só estão criticando”, opinou uma seguidora.

No Twitter, o caso também virou tema de discussão. Veja a repercussão:

//platform.twitter.com/widgets.js

Continua após a publicidade

//platform.twitter.com/widgets.js

Continua após a publicidade

//platform.twitter.com/widgets.js

Continua após a publicidade

//platform.twitter.com/widgets.js

Continua após a publicidade

//platform.twitter.com/widgets.js

Continua após a publicidade

Dê sua opinião: o que você achou da ‘reclamação’ da padaria gaúcha? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa página no Facebook.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)