Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Pop! Pop! Pop! Por Blog Cultura pop, TV e o que repercute nas redes sociais

Acusada de “embranquecer” a atriz Kerry Washington, revista é criticada e pede desculpa

A atriz americana Kerry Washington, de filmes como Django Livre e Ray, mal desconfiava que uma postagem inocente no Instagram provocaria uma polêmica barulhenta na internet. + Bebê fica assustado com sombra e tem reação fofa em vídeo; assista + Cachorro se transforma “magicamente” em dois e faz sucesso na internet Na quarta (4), Kerry […]

Por VEJASP Atualizado em 26 fev 2017, 18h43 - Publicado em 6 fev 2015, 15h34

kerry-washington_04-jpg

A atriz americana Kerry Washington, de filmes como Django Livre e Ray, mal desconfiava que uma postagem inocente no Instagram provocaria uma polêmica barulhenta na internet.

+ Bebê fica assustado com sombra e tem reação fofa em vídeo; assista
+ Cachorro se transforma “magicamente” em dois e faz sucesso na internet

Na quarta (4), Kerry divulgou a capa da revista americana InStyle em que ela aparece em destaque. Foi o suficiente para que seus fãs se irritarem com um “detalhe”: uma das atrizes negras mais conhecidas dos Estados Unidos parecia ter sido “embranquecida” para aparecer na publicação. “Eles clarearam sua pele, Kerry. Isso é desrespeitoso”, criticou uma seguidora. “Esta não é a Kerry”, apontou outra. Confira a capa:

kerryrevista

Continua após a publicidade

Depois do falatório, a revista divulgou um comunicado se explicando sobre o caso e pedindo desculpas: “Somos fãs de Kerry Washington e a capa é um motivo de orgulho para todos nós. Nós não alteramos digitalmente o tom de pele de Kerry, mas a iluminação da fotografia foi a causa do problema. Entendemos que isso provocou decepção e dor. Mas acreditamos que essa experiência terá uma influência positiva na forma como retratamos mulheres, de hoje em diante”.

Em seguida, a própria Kerry se pronunciou, também via Twitter: “Bonita declaração. Agradeço por terem aberto esse diálogo. É uma conversa importante que todos devemos ter”, escreveu.

Dê sua opinião: a capa da revista é motivo para reclamações ou a gritaria foi exagerada? Deixe seu comentário e aproveite para curtir nossa fanpage no Facebook.

Continua após a publicidade

Publicidade