Imagem Blog

Notas Etílicas - Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO

Por Saulo Yassuda
O jornalista Saulo Yassuda cobre cultura e gastronomia. Faz críticas de bares na Vejinha desde 2014. Dá pitacos sobre vinhos, destilados e outros assuntos
Continua após publicidade

Miles Wine & Jazz Bar é devotado ao vinho e à música no Campo Belo

Endereço tem apresentações ao vivo e 150 rótulos da bebida

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 1 abr 2022, 11h03 - Publicado em 1 abr 2022, 06h00

Não é difícil perceber que o Miles Wine & Jazz Bar é um devoto do jazz. E não apenas no nome, que homenageia o trompetista americano Miles Davis (1926-1991), ou no cardápio, em que os pratos recebem apelidos temáticos. É, sobretudo, na atmosfera.

Quem visita o bar, aberto em maio de 2021, escuta em todos os ambientes da casa músicos a tocar ao vivo. No térreo, onde o salão é iluminado por velas e tem pegada romântica, artistas mandam jazz e, às vezes, blues e soul, ao vivo, pertinho do público, sem palco nem nada, de quarta a sábado (couvert artístico, R$ 25,00).

Imagem de três taças com vinho
Vinhos: diferentes estilos (Ligia Skowronski/Veja SP)

No piso de cima, sem vista para as bandas, uma televisão exibe os shows. Também há uma varanda no térreo e um deque elevado, espaços onde a música chega através de caixas de som e o preço do couvert cai (R$ 12,00). Uma dica é sempre escolher os sofás para se acomodar, já que as cadeiras de madeira costumam ser um tanto duronas.

Nada que uma tacinha de vinho não ajude a esquecer. São 150 opções, de doze importadoras, divididas na carta por nacionalidade. A maioria não é dos mais caros, como o rosado do Alentejo Tiago Cabaço (R$ 120,00), para abrir os trabalhos com um líquido frutadinho, ou o tinto Di San Vincenzo Sette Spezie (R$ 142,00), com alguma estrutura e também frescor, feito com susumaniello, um dos símbolos da Puglia. Em taça, pedem-se seis opções (a partir de R$ 28,00), que variam semanalmente.

Continua após a publicidade
Imagem de uma tigela com mexilhões
Mexilhões: para comer enquanto músicos se apresentam (Ligia Skowronski/Veja SP)

Um dos orgulhos da casa são as pizzas de 26 centímetros de diâmetro, caso da quatro queijos (R$ 48,00). Mas é interessante vasculhar o cardápio atrás de outros bons petiscos, como os mexilhões no vinho branco com limão e pimenta (R$ 54,00).

Avaliação: BOM (✪✪✪)

Miles Wine & Jazz Bar
Salão e retiradas: Rua Antônio de Macedo Soares, 1373, Campo Belo, tel. e WhatsApp 5092-3270. Tem delivery.
Das 17h até 0h (fecha segunda-feira).
Instagram: @mileswinebar. 

Continua após a publicidade

Para ficar por dentro do universo dos bares e da gastronomia, siga @sauloyassuda no Instagram e no Twitter.

+ Assine a Vejinha a partir de 12,90 mensais

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de R$ 39,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.