Imagem Blog

Notas Etílicas - Por Saulo Yassuda

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Seguindo Materia SEGUINDO
O jornalista Saulo Yassuda cobre cultura e gastronomia. Faz críticas de bares na Vejinha há dez anos. Dá pitacos sobre vinhos, destilados e outros assuntos
Continua após publicidade

Mestre em caipirinha, Souza sai do Veloso e abre bar próprio; leia crítica

O bartender montou o novo boteco, o Esquina do Souza, na Pompeia

Por Saulo Yassuda Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO
Atualizado em 20 jan 2022, 15h00 - Publicado em 24 ago 2018, 07h00

Parecia que o Veloso, um dos botecos mais famosos de São Paulo, não viveria sem Souza. E que Souza, como é chamado o bartender Deusdete de Souza, não viveria sem o Veloso.

Mas a união de treze anos foi desfeita em maio, quando o perito em caipirinhas se despediu do bar que ajudou a abrir, na Vila Mariana, para inaugurar o Esquina do Souza, na Pompeia, junto com a mulher, Tatiana Balbino.

Criador e criatura: Souza e caipirinha de limão com gengibre (Ricardo D'Angelo/Veja SP)

Quatro vezes vencedor da categoria barman do ano na edição especial VEJA COMER & BEBER enquanto estava no Veloso, é ele quem prepara os drinques — nos últimos anos passados na casa anterior, supervisionava o trabalho dos assistentes.

A caipirinha clássica — limão, cachaça, açúcar —, feita com a fruta em fatias finas, mostra-se balanceada e pode ser acrescida de gengibre — o resultado é ótimo.

Continua após a publicidade
Boas combinações: caju com limão-taiti e tangerina com pimenta dedo-de-moça e abacaxi, coco seco e hortelã (Ricardo D'Angelo/Veja SP)

Também funcionam combinações como caju com limão-taiti e tangerina com pimenta dedo-de-moça, ainda que esta tenha chegado meio aguada, um tropeço.

Sem amarras, o profissional bota a criatividade para trabalhar na versão de abacaxi, coco seco e hortelã, que dá certo. O drinque é servido em copo alto e custa R$ 20,00, com cachaça, e R$ 24,00, com vodca.

Com salão simples e pequeno, o boteco dispõe de mesas na calçada — os melhores lugares —, onde o público do bairro alterna as caipiras com chope Brahma (R$ 8,50) extraído no copo de vidro fininho.

Continua após a publicidade
Para acompanhar: bolinho de carne e canapé de filé à milanesa com queijo prato (Ricardo D'Angelo/Veja SP)

Mordiscar um bolinho de carne úmido (R$ 30,00, seis unidades) e saborear um canapé de filé à milanesa com queijo prato (R$ 36,00 a porção) são outros prazeres locais.

Avaliação: BOM (três estrelas)

Clique para conferir o cardápio:

Cardápio (Divulgação/Divulgação)

 

 

 

 

 

 

 

 

Que bom que você veio até aqui. Comente neste post ou me escreva no e-mail saulo.yassuda@abril.com. Siga minhas novidades no Instagram @sauloy.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital
Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique.

Assinando Veja você recebe semanalmente Veja SP* e tem acesso ilimitado ao site e às edições digitais nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.
*Para assinantes da cidade de São Paulo

a partir de 49,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.