Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Cine Vejinha Por Blog Tudo sobre cinema, estreias e os melhores filmes

No mês das noivas, conheça os casamentos mais estranhos do cinema

Maio é o mês das noivas, e para fugir da normalidade,  selecionamos os casamentos mais estranhos do cinema: Casamento Grego (2002) O romance de Ian Miller (John Corbett) e Toula Portokalos (Nia Vardalos) tem tudo para funcionar: eles formam um casal apaixonado, estão na idade de casar, são divertidos e engraçados. O único problema é […]

Por Gustavo Di Lorenzo Villas Boas Atualizado em 27 fev 2017, 13h33 - Publicado em 20 Maio 2010, 16h23

Maio é o mês das noivas, e para fugir da normalidade,  selecionamos os casamentos mais estranhos do cinema:

Casamento Grego (2002)

O romance de Ian Miller (John Corbett) e Toula Portokalos (Nia Vardalos) tem tudo para funcionar: eles formam um casal apaixonado, estão na idade de casar, são divertidos e engraçados. O único problema é que Ian é inglês. Isso é um grande problema para Toula, que faz parte de uma família grega hipertradicional.

Enquanto o noivo se adequa às tradições e cultura daquela família, eles terão que se acostumar com a ideia de ter um não-grego entre eles. A comédia romântica foi produzida por Tom Hanks e rende boas risadas.

.

Será que ele é (1997)

O professor Howard Brackett (Kevin Kline) e sua noiva (Joan Cusack) estão felizes, de casamento marcado, assistindo à cerimônia do Oscar pela TV, quando um de seus ex-alunos ganha uma estatueta. Mais surpreendente que isso é o fato de que, quando premiado, o aluno faz um homenagem, anunciando em rede mundial que o professor é gay. Como se não bastasse ter que se explicar para a própria noiva, Howard tem que lidar com o fato de que o país inteiro acompanha o escândalo.

.

Jogo de Amor em Las Vegas (2008)

Continua após a publicidade

Há casamentos que acontecem rapidamente: poucos anos ou até meses são suficientes para levar certos casais ao altar. Mas para Jack Fuller (Ashton Kutcher) e Joy McNally (Cameron Diaz) alguns momentos de curtição em Las Vegas foram suficientes para a troca de alianças.

Cientes de que o acontecido não passou de um engano, eles prepararam a anulação. A dupla, porém, ganha uma fortuna no cassino. Tentando resolver a disputa pelo dinheiro, o juiz os obriga a viver seis meses juntos, em uma relação que está mais para a uma guerra.

.

A Noiva Cadáver (2005)

A animação, produzida e co-dirigida por Tim Burton (‘Alice nos País das Maravilhas‘), conta a história de Victor (dublado por Johnny Depp), que, por engano, pede Emily (Helena Bonham Carter) em casamento. O grande problema é que Emily já está morta. Victor então tem que lidar com sua noiva cadáver, com o mundo dos mortos (para onde ela o levou) e com o seu desejo de se casar com sua verdadeira amada.

.

Kill Bill (Vol. 1 – 2003 / Vol. 2 – 2004)

Que noiva gostaria de sofrer uma tentativa de assassinato no próprio casamento? É o que acontece com Beatrix Kiddo (Uma Thurman), que passa a viver por sua vingança. É com essa trama, direção de Quentin Tarantino (‘Bastardos Inglórios‘ e ‘Pulp Fiction’) e muito, mas muito, sangue que os dois volumes de ‘Kill Bill’ se tornaram sucesso de crítica e bilheteria.

E você? Consegue lembrar de algum casamento tão estranho quanto esses? Comente!

Continua após a publicidade
Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Para entender e curtir o melhor de SP, Veja São Paulo. Assine e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VejaSP! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Receba semanalmente VejaSP impressa mais acesso imediato às edições digitais no App Veja, para celular e tablet.

a partir de R$ 19,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VejaSP, diariamente atualizado.

Resenhas dos melhores restaurantes, bares e endereços de comidinhas de São Paulo.

Edições da VejaSP liberadas no App Veja de maneira imediata

a partir de R$ 12,90/mês