Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Astrologando Por Andreia Modesto Zodíaco, mapa astral e previsões para todos os signos

O que a Numerologia promete para o ano de 2022?

O novo ano de 2022 sugere cooperação entre todos!

Por Andreia Modesto 2 dez 2021, 10h02

“Nenhum homem é uma ilha. Todo homem é parte de um continente.” John Donne

Se o ano de 2022 fosse uma pessoa e se dirigisse a um numerólogo para receber orientações, provavelmente ficaria feliz em saber que ele poderia (e deveria) entrar numa fase de reconstrução afetiva, financeira e espiritual. Um estudo sobre a “personalidade” do número 2022 revelaria uma alma pacífica, amorosa, que cuida e quer ser cuidada também.

A soma total é o 6 (2 + 0 + 2 + 2), número tradicional do aconchego, da família, do lar, do “pertencimento”. Uma das perguntas que o número 6 se faz é: qual é mesmo o meu lugar no mundo? E pode ser ao lado dos amigos, perto ou distante da família, dentro de um centro espiritual ou pode ser uma longa estrada com várias paradas para as almas mais livres e desgarradas. Mas “almas desgarradas” são raras de se encontrar na vibração 6, pois o ser humano anseia por amor e acolhimento e “pertencer” significa encontrar sua identidade, confirmada pelos laços que o recebem.

É bastante comum encontrar pessoas regidas pelo número 6 atuando como psicólogas, médicas, assistentes sociais, enfermeiras. O 6 é o número da educação, da preocupação com as crianças e com os jovens. Pessoas que vibram o 6 pela data de nascimento ou pelo nome, costumam facilmente encontrar “famílias” e colocar alguém sob suas asas para oferecer proteção.

Será que 2022 será um ano em que esse sentimento de proteção em relação às crianças e adolescentes no mundo poderá realmente vir à tona? E que educação e saúde possam ser mais seriamente abordadas? Vamos torcer, pois tendências e possibilidades nem sempre determinam que o ser humano siga e vibre o melhor possível tais energias.

O mais interessante na vibração do ano 2022 é que essa vibração 6 que rege todo tipo de comunidade, família, laços afetivos, intelectuais ou espirituais é resultado de um número com intensidade no 2. E são duas energias pacíficas, amorosas, integradoras e conciliadoras. O número 2 nos ensina a “perceber o outro”, a sair de nossa bolha e conseguir reconhecer e amar aqueles que são diferentes de nós e por isso podem nos completar ou nos ajudar a ampliar a visão de mundo.

É possível que no mundo todo, depois de uma guerra de muitos meses contra o resistente vilão coronavírus, muitas pessoas anseiem por um novo casamento, crianças brincando no quintal, cachorros latindo e maior disponibilidade de tempo para a diversão da alma. Mas o 6 é um número de responsabilidades sobre aqueles que amamos e acolhemos. O 6 não é um número de observação, mas de ação, proteção e cuidados.

Em teoria, o ano de 2022 poderá ser um ano de mais amor e empatia entre as pessoas. Um número que trará a valorização das qualidades positivas do ser humano, com especial atenção aos jovens e a novas práticas que garantem a boa saúde e uma educação melhor para todos. Em teoria. Na prática, será preciso aguardar e torcer para que tais vibrações consigam – pelo desejo e boa vontade da maioria – se manifestar no mundo material.

Continua após a publicidade

É inevitável abordar o 22, número mestre. O 20 rege o nosso milênio, mas o 22 individualiza o ano. Desde a Numerologia da Antiga Grécia, os números 11, 22 e 33 são considerados “superiores”, pois a repetição dos algarismos os torna mais poderosos. São associados a uma visão espiritual e filosófica e também a uma capacidade de liderança que inspira outras pessoas. Dos três números, o 22 que se torna 4 (2 +2) é chamado de “O Grande Construtor” e alia o idealismo a uma visão pragmática e a um desejo de trabalhar incansavelmente para a melhoria da vida de todos. É possível que ao longo de 2022 surjam novos líderes com uma visão mais humanitária e novos escritores e mentores para todos nós.

Embora o 6 e o 22 tenham capacidade de reflexão e um potencial de amor imenso, a vibração é de ação, atitude, trabalho e tarefas a cumprir. A essência do número 2 é o desejo de cooperar, dividir, dar as mãos e ter, como o número 6, um “pertencimento”, um dar e receber contínuo. São energias de prosperidade e obviamente de valorização do trabalho em equipe. Todos precisam de uma liderança, mas é preciso também que cada um coopere, faça sua parte e que ninguém fique esperando que as coisas caiam do céu.

O que a Numerologia e a Astrologia podem fazer é ajudar a tomar consciência do nosso potencial ou das possibilidades de um determinado ano ou período de vida. Cabe a nós saber utilizar as informações e tentar fazer o melhor dentro do que o céu e os números sugerem.

“Sozinhos, fazemos pouco. Em equipe, fazemos muito.”

Einstein, John Lennon e Robert de Niro vibram o 6 como número de vida – missão, aprendizado. Paul McCartney, Will Smith, Bryan Adams vibram o 22 como número de vida – missão aprendizado.

Quer me seguir na web? Anote!

YouTube Andreia Modesto

Instagram astrodestino

http://www.astrodestino.com.br

Continua após a publicidade

Publicidade